Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Outra margem de mim - Mafalda Veiga

Porque é nossa, e tem umas letras fantásticas, que venho descobrindo pouco e pouco, hoje fica aqui esta, que ouvi na rádio e achei lindaaaaaa:

É muito tempo a desejar o tempo
De mudar ventos, levantar marés
É muita vida a desejar o alento
Que faz saber ao certo quem és

É funda a toca onde te escondes tanto
Tem a distância entre o silêncio e a voz
A vida rasga bocadinhos gastos do mundo
Vai descascando até chegar a nós

E tu que sabes tanto de mim
Tu que sentes quem eu sou
Dá-me o teu corpo como ponte que me salva
Do que o medo fechou

São muitos dias a perder em vão
Sem nunca entrar dentro do labirinto
É muita vida a não ser o que tu sentes
A planar sobre o que eu sinto

É quase noite, não te escondas mais
Vai desatando até entrar o ar
Dá-me um gesto que me diga o teu fundo
Uma palavra para te tocar

Tu que sabes tanto de mim
Tu que sentes quem eu sou
Dá-me o teu corpo como ponte que me salve
Do que o medo fechou

Tu que sabes tanto do sol
És uma espécie de outra margem de mim
Olha-me dentro como chão que me agarre

Pode ser esta noite quente
A estrada aberta mesmo à nossa frente
E tu e eu a descobrir o ar
Não é preciso correr
Não é urgente chegar
O que é preciso é viver

Não é urgente chegar.
O que é preciso é viver!
(isso mesmo MF, tanto queremos chegar... e o importante é mesmo viver!)
Até sempre,
Cookie

6 comentários:

Fulana disse...

oi cookie! gostei muito de seu blog, visite o meu!
saudações desde o brasil!

Anônimo disse...

Querida Cookie,
Se quizeres emprésto-te o cd onde tem essa música linda, assim como tantas outras que nos "fotografam" por dentro... e nos embalam, quer na tristeza quer na alegria! Gosto muito do que diz a MV.
Nana bem,
Beijo
S&C with extra chocolat

Anônimo disse...

Não resisti....a tua deixa, após uma promessa matinal de não mais cuscar!!! Em seguimento a tua mensagem a MV...Aqui vai a minha para todos:

Vou viver
Ate quando eu não sei
Que importa o que serei
Quero é viver

Amanhã
Espero sempre um amanhã
E acredito que será
Mais um prazer

A vida é sempre uma curiosidade
Que me desperta com a idade
Interessa-me o que está para vir.

E a vida
Em mim é sempre uma certeza
Que nasce da minha riqueza
Do meu prazer em descobrir
Encontrar, renovar, vou fugir ao repetir

..................................................................................e agora acordo e tou no emprego, cheio de stress, porque tenho de trabalhar!!!Para a seguir tentar viver! ;-)

For you disse...

hum...

Cookie disse...

Comentários aos comentadores:
S&C - Prefiro que me embalem, sempre que possível, na alegria :-) e a ti também, minha querida!!! Ah, e fotografias por dentro chamam-se radiografias... Achei que devia acrescentar isto :-)))
Cusco - Porquê???? Porque é q tinhas prometido não cuscar mais? Já não és meu amigo virtual??? O texto, lindo lindo! Adorei...
Maninha - hum?????? É só uma letra bonita. Tá?
Fulana - Obrigada pela visita, volta sempre. Já fui espreitar o teu blog e também gostei. ;-)

hummm disse...

O ser "cusco" é a questão... ou melhor a resposta, a tua questão de minha promessa não cumprida.
...
O problema do "anonimato", e entrar na confusão dos comentários aos comentários ,criou o momento "hum...", que serviu de inspiração(obrigado"for you") ao Hummm-disparates.

Poderá ser, só clicar e "hummm-disparatar"