Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

To whom it might concern

Não é nenhuma novidade que há muita gente que se sente incomodada com a felicidade alheia. Também já tinha percebido que a minha aborrece um punhado de pessoas, diria eu que grande parte delas sem muito que fazer para além de se preocuparem com a vida alheia.
O que me irrita, e começa a ser cansativo, é que sempre que penso (pensamos) que agora é que vamos ter sossego, arranjem sempre forma de vir perturbar a nossa tranquilidade.
E foi hoje que chegamos às (previsiveis) SMS's anónimas. Que ele está com tão mau aspecto que parece estar doente, que eu sou esta e aquela, e o vou trair como já fiz noutras alturas da minha vida... Pessoas que me devem conhecer muito bem, a ponto de terem estes vaticinios de tanta clarividência em relação ao nosso futuro. O que irrita no "anónimo" é o facto de não ser possível responder directamente ao remetente. Fazemos uma vaga ideia de quem possa ser, mas não temos a certeza.
E na impossibilidade de lhe responder directamente, deixo aqui o meu desabafo. Quase certa de que a pessoa em questão não tem acesso a este meu cantinho virtual, não posso deixar de dizer que este tipo de atitudes só reforça o meu (posso dizer o nosso) empenho na nossa relação. A maior bofetada de luva branca que podemos dar a quem nos deseja mal, é conseguirmos, contra ventos e marés, continuar a ser felizes. Com muita confiança um no outro, imenso respeito, e uma relação feita de cumplicidade e sinceridade.
Para sempre...
Aconteça o que acontecer, hoje mais do que ontem e menos do que amanhã, amo-te, J.
Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Meio ano

O tempo passou bem depressa, e sem que nos dessemos conta assinalaram-se ontem 6 meses sobre o dia em que os nossos destinos se cruzaram. Na brincadeira, ele diz-me "já passaram os melhores 6 meses". Eu fico pensativa e acabo por dizer: "eu acho que passaram os piores". Na verdade, o tempo que passou foi feito de problemas, provações e desafios. Tivemos, os dois, que aprender a lidar com muita coisa nova, nem todas propriamente fáceis ou agradáveis. Aprendi (aprendemos) muito sobre quem somos e até sobre a natureza humana. Sei que em alguns aspectos sou hoje uma pessoa diferente. Sei que o meu companheiro também o é. A nossa relação, o contexto, e a dedicação que implicou, trouxeram ao de cima caracteristicas nossas que nos eram desconhecidas ou que estavam esquecidas. Gosto mais de mim agora, determinada, disposta a quase tudo para lutar por algo em que acredito com todas as minhas energias. Gosto da Cookie meiga, carinhosa, que no fundo eu sabia que existia em mim e que até agora nunca ninguém (excepto a minha filha) tinha conseguido despertar. Gosto de sentir que ao fim deste tempo eu estou ainda mais apaixonada, e que o nosso caminho em comum continua em fase ascendente. Gosto de partilhar sonhos, gosto de projectar a minha vida ao lado de uma pessoa que sei que me completa, que sei que é tudo o que eu sempre sonhei.
Gosto de ti, querido J., gosto da pessoa que sou contigo… Gosto de nós, da relação que temos, da tranquilidade que encontramos, do carinho que enche os teus olhos quando se perdem nos meus. Gosto de me sentir cada vez mais confiante e tranquila. Gosto do teu empenho, de ver a vontade e a facilidade com que te moldas a mim, nos pequenos detalhes do dia-a-dia. Sempre achei que as pessoas não mudavam, ainda que fosse em pequenas coisas, e ver a facilidade com que o fazes é absolutamente encantador. Tenho tentado (e penso que vou conseguindo) fazer o mesmo. Para mim és um exemplo a seguir.
Sei que o mais dificil já passou, encontraremos por certo outros desafios, mas também sei que o homem que tenho ao meu lado estará à altura deles. A vida não é nem nunca vai ser um mar de rosas, mas tu dás-me o conforto de saber que posso sempre contar contigo, para tudo. E tu também sabes que estarei sempre ao teu lado, nos bons momentos, mas sobretudo nos menos bons… Não quero e não vou falhar.

Amo-te!
Tua,
Cookie

sábado, 13 de novembro de 2010

Frases sentidas #41

"No caráter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude."
Henry Wadsworth Longfellow


Até sempre,
Cookie

sábado, 6 de novembro de 2010

Pai...

... 9 anos depois da tua partida, continuas a fazer-me tanta falta...

Beijo enorme de saudades
Cookie

Frases sentidas #40

"Quando tudo nos parece dar errado
Acontecem coisas boas
Que não teriam acontecido
Se tudo tivesse dado certo."
Renato Russo


Eu não poderia dizer melhor...

Até sempre,
Cookie