Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

2010 em balanço

Costuma-se dizer que na vida há muitas coisas que acontecem quando menos se espera. Para mim o ano que agora termina demonstrou claramente a veracidade desta afirmação. No balanço de 2009 tinha escrito a seguinte frase: “Termino este ano entre nostalgias e indecisões, a ponderar os próximos passos e procurando determinação para fazer com que 2010 não seja mais um ano que se arrasta. Que seja um ano de passos seguros, determinados e na direcção correcta: a da felicidade!”

2010 foi um ano surpreendente. Consegui dar os tais passos a direcção da felicidade. Admito que a minha boa estrela ajudou, e fez com que ela aterrasse no meu colo. Eu não fiz mais do que aceitá-la de braços abertos, e fazer tudo o que estava ao meu alcance para a manter… Não sabia o que esperar de 2010 no amor, estava preparada para ficar sozinha durante muito tempo. Termino o ano com a relação feliz e tranquila que sempre desejei. Consolidada no meio de muitas dificuldades e problemas, que não fizeram mais do que reforçar a certeza de que temos tudo para sermos felizes durante muitos e muitos anos.
A minha filha entrou para a escola primária, sedenta de aprender. Anda feliz por começar a conseguir juntar as letras e formar palavras, a descobrir a magia de ler. Nunca me enganou a minha pequenina, vai ser uma excelente aluna, interessada e atenta. Vai-me continuar a encher muitas vezes de orgulho, sem dúvida nenhuma.
Em 2010 fui madrinha oficial do pequeno R., um bebé tão lindo, meigo, sossegado, bem disposto… uma das alegrias dos meus olhos.
Fiz amigos, aprofundei relações, convivi bastante…
Nem tudo foram rosas, no trabalho foi mais um ano complicadíssimo, e para o ano não se espera que melhore, pelo contrário.
Foi também o ano em que senti na pele o pior da natureza humana, o lado mais mesquinho e cruel, o lado mais preocupado com a vida alheia do que com a própria. Boa parte concentrados numa só pessoa, a quem desejo toda a felicidade do mundo, não porque tenha feitio de boa samaritana, mas porque acho que é a melhor forma de nos deixar em paz.

Para o ano que vai começar, não peço nada de novo. As decisões estão tomadas, os planos estão feitos (e que bons planos :-) ). Espero que a minha filha, eu e os meus tenhamos todos saúde. De resto, com muito amor, conseguiremos por certo ultrapassar as dificuldades que forem surgindo. E continuarmos a ser felizes!!!

Até sempre,
Cookie

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Querido Pai Natal

Escrevo para te agradecer por este Natal. Este ano foste especialmente generoso comigo, não apenas nos presentes (que foram muitos e bons), mas sobretudo no ambiente de tranquilidade e união com que nos sentamos à mesa na consoada. Foi o melhor Natal dos ultimos anos, sem duvida nenhuma. Foi muito bom sentir o reavivar do espirito natalicio no J. Sempre maravilhoso verificar como encaixou "como uma luva" na minha família, e como parece que já faz parte dela à anos. Foi óptimo sentir que à mesa de Natal todos estavamos tranquilos e de saúde. Adorei também ter mais uma criança com quem partilhar a alegria da quadra e a quem "estragar com mimos" (afinal, é sobretudo para elas que existe o Natal). E adorei o calorzinho que sinto sempre no meu coração quando vejo que a familia dele me recebeu tão bem e com tanto carinho...
Por tudo isto, querido Pai Natal, agradeço-te pelo Natal de 2010. E prometo continuar a ser uma boa menina... para que tudo isto perdure...
Até sempre,
Cookie

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Feliz Natal!!!

Neste Natal, deixo-vos uma frase que recebi num e-mail e que traduz o meu lema de vida:

"Divirtam-se, vejam o lado positivo da Vida e enfrentem cada obstáculo como se um desafio se tratasse."

Feliz Natal para todos!!!
(e claro, muitas prendas no sapatinho :-)))

Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

As coisas que ela diz...

Ontem à noite, estava a R. já deitada na caminha, preparada para dormir (ou assim pensavamos nós), sai-se com esta: "Ó mãe, porque é que vocês, que têm que trabalhar, ainda estão a pé, e eu, que estou de férias, já tenho que estar na cama?"
Pois... realmente o argumento faz sentido... :-)))
Até sempre,
Cookie

domingo, 12 de dezembro de 2010

Como nas histórias das princesas...

Palace Hotel do Buçaco
Foi aqui, no palácio, que eu disse: "Sim!"
Agora só falta a parte do: E viveram felizes para sempre... Estamos a tratar disso ;-))))
Até sempre, (hoje especialmente feliz)
Cookie

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

E não é que...

... contra todas as minhas expectativas, se prepara um tempo maravilhoso para o fim-de-semana surpresa preparado pelo meu amor????
Confesso que estou ansiosa!!! (para ir, como ele diz, para a pensão do Horácio, no meio da serra :-))) )
Até sempre,
Cookie

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Dezembro...

... ainda agora começou o mês, e eu já estou cansada :-)
É este tempo esquisito e os dias curtos que me sugam metade da energia...
É uma enorme quantidade de trabalho e de coisas para resolver antes do final do ano...
É a correria dos presentes de Natal, e as decisões a tomar para garantir que fazemos as melhores escolhas para os que nos são mais queridos...
São os compromissos de agenda, entre jantares de Natal de amigos, trabalho e familia, o circo com a miuda, a festa dela da natação...

Mas p/ dizer a verdade... adoro este mês... Que vai ter ainda o extra de um fim-de-semana surpresa que o J. me está a preparar, com todo ao pormenor (diz ele que na residencial do Sr Horácio, com o extra de ter duas botijinhas de água quente para dormir à noite... eheheheheh :-P)... Vai dar para retemperar energias, no meio de muito carinho...

Porque toda esta correria e agitação é sobretudo feita de coisas boas e de convivio com muitas pessoas que nos são queridas.

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

To whom it might concern

Não é nenhuma novidade que há muita gente que se sente incomodada com a felicidade alheia. Também já tinha percebido que a minha aborrece um punhado de pessoas, diria eu que grande parte delas sem muito que fazer para além de se preocuparem com a vida alheia.
O que me irrita, e começa a ser cansativo, é que sempre que penso (pensamos) que agora é que vamos ter sossego, arranjem sempre forma de vir perturbar a nossa tranquilidade.
E foi hoje que chegamos às (previsiveis) SMS's anónimas. Que ele está com tão mau aspecto que parece estar doente, que eu sou esta e aquela, e o vou trair como já fiz noutras alturas da minha vida... Pessoas que me devem conhecer muito bem, a ponto de terem estes vaticinios de tanta clarividência em relação ao nosso futuro. O que irrita no "anónimo" é o facto de não ser possível responder directamente ao remetente. Fazemos uma vaga ideia de quem possa ser, mas não temos a certeza.
E na impossibilidade de lhe responder directamente, deixo aqui o meu desabafo. Quase certa de que a pessoa em questão não tem acesso a este meu cantinho virtual, não posso deixar de dizer que este tipo de atitudes só reforça o meu (posso dizer o nosso) empenho na nossa relação. A maior bofetada de luva branca que podemos dar a quem nos deseja mal, é conseguirmos, contra ventos e marés, continuar a ser felizes. Com muita confiança um no outro, imenso respeito, e uma relação feita de cumplicidade e sinceridade.
Para sempre...
Aconteça o que acontecer, hoje mais do que ontem e menos do que amanhã, amo-te, J.
Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Meio ano

O tempo passou bem depressa, e sem que nos dessemos conta assinalaram-se ontem 6 meses sobre o dia em que os nossos destinos se cruzaram. Na brincadeira, ele diz-me "já passaram os melhores 6 meses". Eu fico pensativa e acabo por dizer: "eu acho que passaram os piores". Na verdade, o tempo que passou foi feito de problemas, provações e desafios. Tivemos, os dois, que aprender a lidar com muita coisa nova, nem todas propriamente fáceis ou agradáveis. Aprendi (aprendemos) muito sobre quem somos e até sobre a natureza humana. Sei que em alguns aspectos sou hoje uma pessoa diferente. Sei que o meu companheiro também o é. A nossa relação, o contexto, e a dedicação que implicou, trouxeram ao de cima caracteristicas nossas que nos eram desconhecidas ou que estavam esquecidas. Gosto mais de mim agora, determinada, disposta a quase tudo para lutar por algo em que acredito com todas as minhas energias. Gosto da Cookie meiga, carinhosa, que no fundo eu sabia que existia em mim e que até agora nunca ninguém (excepto a minha filha) tinha conseguido despertar. Gosto de sentir que ao fim deste tempo eu estou ainda mais apaixonada, e que o nosso caminho em comum continua em fase ascendente. Gosto de partilhar sonhos, gosto de projectar a minha vida ao lado de uma pessoa que sei que me completa, que sei que é tudo o que eu sempre sonhei.
Gosto de ti, querido J., gosto da pessoa que sou contigo… Gosto de nós, da relação que temos, da tranquilidade que encontramos, do carinho que enche os teus olhos quando se perdem nos meus. Gosto de me sentir cada vez mais confiante e tranquila. Gosto do teu empenho, de ver a vontade e a facilidade com que te moldas a mim, nos pequenos detalhes do dia-a-dia. Sempre achei que as pessoas não mudavam, ainda que fosse em pequenas coisas, e ver a facilidade com que o fazes é absolutamente encantador. Tenho tentado (e penso que vou conseguindo) fazer o mesmo. Para mim és um exemplo a seguir.
Sei que o mais dificil já passou, encontraremos por certo outros desafios, mas também sei que o homem que tenho ao meu lado estará à altura deles. A vida não é nem nunca vai ser um mar de rosas, mas tu dás-me o conforto de saber que posso sempre contar contigo, para tudo. E tu também sabes que estarei sempre ao teu lado, nos bons momentos, mas sobretudo nos menos bons… Não quero e não vou falhar.

Amo-te!
Tua,
Cookie

sábado, 13 de novembro de 2010

Frases sentidas #41

"No caráter, na conduta, no estilo, em todas as coisas, a simplicidade é a suprema virtude."
Henry Wadsworth Longfellow


Até sempre,
Cookie

sábado, 6 de novembro de 2010

Pai...

... 9 anos depois da tua partida, continuas a fazer-me tanta falta...

Beijo enorme de saudades
Cookie

Frases sentidas #40

"Quando tudo nos parece dar errado
Acontecem coisas boas
Que não teriam acontecido
Se tudo tivesse dado certo."
Renato Russo


Eu não poderia dizer melhor...

Até sempre,
Cookie

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Querido, mudei a casa!

Em semana de férias, parecia andar por estes lados a equipa do "Querido, mudei a casa". As principais diferenças: eu não sou loira, mas também andava apenas a dar palpites :-); não havia "queridos", mas apenas um "querido"... mas que valia por uma equipa inteira. Incansável a montar armários, colocar candeeiros, carpetes... enfim... tudo o que foi preciso.
E o que nos divertimos esta semana... Sem dúvida, também na bricolage e decoração, formamos uma bela equipa.
O resultado foi exactamente o pretendido... um ambiente muito mais acolhedor e organizado... e muito mais espaço disponível para arrumação. Tudo conseguido com um orçamento sem derrapagens! (aliás, acabamos até por comprar mais coisas do que tinhamos previsto... obrigada IKEA e AKI :-)))
"Querido" J., ainda estou para descobrir algo que não seja bom fazer contigo...

Até sempre,
Cookie

sábado, 23 de outubro de 2010

Secret - Seal

Para ti, hoje, em especial...



Até sempre,
Cookie

domingo, 17 de outubro de 2010

Felicidade é...

... dar os bons dias ao Domingo, bem abraçada à R. e ao J., o meu "amor pequenino" e o "amor grande". :-)))

Até sempre,
Cookie

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Dialectos de ternura #5

"Obrigado por tudo" - fez ele questão de lhe dizer. "Não tens por que agradecer" - respondeu-lhe ela. Mais tarde, ele fez questão de lhe desenvolver, frase a frase, um rol de motivos pelos quais sentia que o agradecimento lhe era devido. Ela emociona-se, apesar de saber que o amor, tal como a amizade, não se agradece, merece-se. E ele merece tudo aquilo que ela lhe tem dado… o melhor de si. O seu lado mais bonito, mais meigo, mais altruísta, mais companheiro… que ele desperta de uma forma tão natural. Sente-se bem com o reconhecimento, é sempre bom saber que quem amamos valoriza quem somos e o que fazemos…
Ele lembra-lhe uma frase que ouviu da boca dela uns dias antes: "nunca devemos deixar de dizer a alguém o quanto gostamos dessa pessoa, nem de lhe fazer os elogios que lhe são devidos, porque poderemos não voltar a ter oportunidade de o fazer". É assim mesmo que tem que ser.
Obrigada por tudo também a ti, querido J.. Amo-te!

Até sempre,
Cookie

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Hoje apetece-me...

... agradecer à minha mãe por toda a ajuda que me dá. A minha vida é uma correria constante, mas graças ao seu apoio não preciso de atingir velocidades super-sónicas :-)
Obrigada por tudo, mãe!
Até sempre,
Cookie

terça-feira, 12 de outubro de 2010

...

Nenhum pai merecia ter que assistir à morte de um filho...
Por hoje é só...

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Na toca...

Não sei se é do tempo, do trabalho, onde os problemas se atropelam, de alguns problemas de saúde que apesar de não terem gravidade me têm vindo a incomodar há tempo demais... Não sei se é da brutalidade de que a vida me deu mais um exemplo, quando termina num acidente estúpido a vida de um miudo de 24 anos, cheio de energia e de projectos... Não sei se é da perspectiva de ter q fazer mais de 600 kms hoje no final do dia, p/ amanhã ter q vir trabalhar novamente... o certo é q me sinto numa toca, onde me apetece ficar bem sossegadinha e em silêncio...
Espero conseguir sair em breve...
Até sempre,
Cookie

terça-feira, 5 de outubro de 2010

As primeiras palavras

A pouco e pouco vai-se produzindo o pequeno milagre que é a aprendizagem da leitura e da escrita. Apesar de algumas reclamações, do tipo: "gosto mais ou menos da escola" ou "ainda bem que hoje não há escola para não ter que escrever aquela data tão grande", percebe-se que a sede de aprender da minha pequenina continua a ser enorme. Ou não me tivesse pedido logo a seguir à última observação que escrevesse a data para que ela, como todos os dias na escolinha, a pudesse reproduzir :-)))

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Pior do que tá não fica

Pergunto-me o que aconteceria por cá se aparecesse um Tiririca nas próximas eleições... É verdade que não temos o mesmo sentido de humor que os brasileiros (ou será que não se trata de uma feroz critica política sancionada nas urnas pelo povo brasileiro?), mas realmente fico curiosa.
Com mais de 1,3 milhões de votos, o candidato palhaço foi o mais votado, mesmo considerando todos os estados federais...
Vamos ver se é desta que ele aprende o que faz um deputado federal :-)))

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Já não me lembrava...

... que era ciumenta.
Está a ser um pouco estranho redescobrir esta minha caracteristica, que vou tentando ocultar entre brincadeiras e meios silêncios, os quais têm o simples objectivo de tentar não pensar no assunto. Ele riu-se quando eu admiti que tinha ciumes (deve ter pensado, pronto, afinal estamos empatados)... Quando ele volta ao assunto, eu vou brincando, dizendo que não me recordo de o ter admitido, negando tudo, enquanto me tento convencer que os devo manter bem serenos e controlados, evitar pensar.
Não tenho razão para ter ciumes... eu sei. Mas também sei que tenho comigo um tesouro... e os tesouros são cobiçados...
Até sempre,
Cookie

terça-feira, 21 de setembro de 2010

O homem mais maravilhoso do mundo...

... arranjou maneira de me entregarem flores, de uma forma bem discreta, no meu local de trabalho, no dia em que fazemos meses de namoro. Andou a "conspirar" com uma colega / amiga comum :-)))
Tenho montes de clientes por perto, e um sorriso de orelha a orelha...

Obrigada, meu amor!

Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

16 de Setembro


Amanhã, dia de feriado municipal em Tondela (como o meu querido cunhado fez questão de lembrar :-))) ) faço 34 anos. Não me parece que vá ter tempo para cá vir durante o dia, e durante a noite quero aproveitar bem a companhia das pessoas que vão estar comigo. Por isso vim cá para assinalar previamente a ocasião.

Quero dizer-vos que sou feliz... muito feliz... e não tenho medo de o afirmar. Claro que nem é tudo perfeito (mas alguma vez o poderia ser?!?!?), mas posso dizer-vos que tenho neste momento na minha vida tudo (e todos) que preciso para me sentir completa e realizada.

Tenho uma filha doce, meiga e inteligente, uma menina maravilhosa que todos os dias me dá motivos para sorrir e me orgulhar.

Tenho uma familia, que apesar de não ser grande, é unida. Na minha mana tenho a minha melhor amiga, na minha mãe um auxilio incansável, no meu afilhado uma fonte inesgotável de momentos que apetece congelar, de tão preciosos.

Tenho bons amigos, pessoas que confiam em mim, e em quem posso confiar, pessoas que me procuram e mostram que gostam da minha presença... que sei que não vão falhar quando precisar deles.

E (last but not least :-)) tenho ao meu lado o homem que me completa, a mais agradável e inesperada surpresa que o último ano me trouxe. No meio de muito mimo e de um carinho que me parece inesgotável, temos sonhos, projectos de vida em comum que é maravilhoso partilhar com alguém que apesar de estar comigo há poucos meses, parece que esteve sempre por aqui. Há um ano atrás, admito que me sentia um pouco perdida, sem saber bem que rumo é que a minha vida iria tomar. Meses depois, sem que nada o fizesse prever, o amor aconteceu... Sentado aqui ao meu lado, o J. repara que estou a escrever sobre ele... ri-se ao aperceber-se que as palavras estão a custar a ganhar forma, e diz-me "o amor é uma coisa tão simples". E eu sorrio, e concordo em silêncio com ele... De facto é mesmo assim, simples.
Tu, meu amor, vieste dar um novo rumo à minha vida. Contigo tudo faz mais sentido, contigo voltei a sonhar... Tu, aos meus olhos, és, simplesmente, perfeito...

Obrigada a todos... Fazem desta blogger uma aniversariante muito, mas mesmo muito feliz!!!

Até sempre,
Cookie

terça-feira, 14 de setembro de 2010

E agora?

Alguém me explica como se põe uma criança que vinha tão cansada da escola que adormeceu no carro a fazer os TPC´s????
Devia haver uma manual para ensinar a lidar com estas coisas... :-S
Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

E lá ficou...

... a minha menina, no seu primeiro dia de escola, no meio de uns 10 kgs de livros e material. Rodeada por muitos meninos que já conhece, felizmente, e com um professor que me parece ser fantástico. Entoando uma canção que lhes ensinou na altura, cantada também pelos pais, em jeito de despedida.
Saí da escola de lágrima no canto do olho, com algum embaraço por constatar que a minha ansiedade era muito maior do que a dela... Despediu-se de mim com um sorriso de orelha a orelha... simplesmente feliz!
Amo-te, minha pequenina...
Até sempre,
Cookie

sábado, 11 de setembro de 2010

Momentos especiais...

Ela podia perfeitamente não gostar de mim, ou continuar de pé atrás comigo. Era mais do que natural... Por isso é que saltaram lágrimas de alegria dos meus olhos, quando a ouvi, no banco de trás do carro, a comentar com a minha filha "Eu gosto muito da tua mãe".
Senti-la bem comigo, connosco, com a nossa nova familia, tem sido o complemento ideal para a minha felicidade, tão completa nos últimos tempos... Afinal, esta menina ainda tão pequena, mas já com tanta maturidade, já faz parte da minha vida, e o carinho que sinto por ela cresce a cada dia que passa...
Até sempre,
Cookie

As apresentações...

Ontem foi o dia da apresentação do professor na escola da R. Um dia especial, sem dúvida... A minha filha, tranquila e feliz, a absorver cada instante. Com muito entusiasmo e interesse, o que já vem sendo habitual em tudo o que diz respeito à escola primária. Contente por rever coleguinhas do infantário, alguns deles na mesma turma. Curiosa perante o facto de ter um professor (e não, como é mais habitual, uma professora) e já procurando mostrar-se interessada e atenta aos olhos dele. Satisfeita quando recebeu das suas mãos um diploma certificando que aquele era o seu primeiro dia na escola e que o professor lhe desejava que fosse muito feliz.

E a mãe, ansiosa, preocupada, atenta... Tudo muito novo: escola, professor, horário, rituais. Uma nova e acrescida responsabilidade que se espera da minha pequenina, toda a adaptação que nem sempre é fácil. E mais um passinho no "cada vez menos minha" de que já tantas vezes falei, quando o professor nos diz, com alguma solenidade: "hoje é também um dia muito importante para mim, porque a partir de hoje, eles também são meus". A lágrima espreita no canto do olho da mãe...

Pareceu-me bem, o professor, experiente, muito organizado, despachado, protector, carinhoso. Espero que as excelentes referências que me deram acerca dele se confirmem.

Costumo pensar muitas vezes e aproveito hoje para o deixar aqui escrito, que ser professor é das profissões mais bonitas que existem... Pena que muitos não a valorizem como deviam.

Aproveito para deixar à minha Lhilha, que só não é professora da R. por causa dos 300 kms que nos separam, um enorme e carinhoso beijinho.

Para esta nova étapa, aquilo que mais desejo é que a expressão do rosto da minha filha se mantenha igual à de ontem... dia em que estava, claramente, feliz!

Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Frases sentidas #39

"Você é o sol da minha vida
A minha vontade
Você não é mentira
Você é verdade
É tudo o que um dia eu sonhei para mim."
Emprestada de Martinho da Villa e sentida em cada palavra.
Para ti, J., com um beijo da tua
Cookie

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Quase...

... daqui por uma semana a R. terá passado o seu primeiro dia na escola primária. Está muito entusiasmada, sempre às voltas com os livros, que já comprámos. Também já comprámos a mochila e o estojo, falta apenas o material, que será indicado pelo professor. O seu entusiasmo é tanto que nem quis acompanhar o pai para ir passar o fim de semana fora, porque isso implicava não estar presente na reunião de avaliação. Estou muito contente com o que se conseguiu, um professor excelente e uma turma com vários dos amiguinhos aos quais ela já estava habituada.
E começo a ficar com aquele nervoso miudinho face á mudança que vai ocorrer na vida da minha filha dentro de pouco tempo... Mas convencida de que vai correr tudo bem...
Até sempre,
Cookie

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

3 anos...

.... de Cookies & Cream!

Em dia de aniversário do blog, eu, que também estou de parabéns, agradeço a todos os que o acompanham, alguns quase desde o inicio, a sua paciência para com os meus devaneios.

Prometo continuar por cá, porque este cantinho, já faz parte da minha vida :-)))

Até sempre,
Cookie

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Dialectos de ternura #4

"Podes agora acreditar que vamos ficar juntos para toda a vida, mas isso já te deve ter acontecido antes. Corre muito bem, mas estamos juntos à pouco tempo. Quem garante que não te venha a acontecer o mesmo, o desencanto que ocorreu das outras vezes?" - pergunta-lhe ele.
Não era coisa que nunca lhe tivesse passado pela cabeça (a sua especialidade era mesmo pensar imenso sobre tudo e mais alguma coisa), pelo que a resposta dela foi pronta: "Sim, é verdade. Mas eu explico-te qual é a diferença. O nosso pouco tempo equivale a muito mais tempo nas minhas relações anteriores. Já passamos por muita coisa, e a nossa convivência diária é muito intensa... E a cada passo, a cada obstáculo que superamos, sinto que a nossa união sai reforçada... Noutros momentos, com outras pessoas, a cada passo íam crescendo as minhas dúvidas; contigo dia após dia tenho cada vez mais certezas, de que encontrei o homem que me completa e com quem quero ficar para sempre."
A resposta vem sem palavras, envolvida num terno abraço...
Até sempre,
Cookie

domingo, 29 de agosto de 2010

Das férias


Dizer-vos que corresponderam exactamente às minhas expectativas. Sempre tive vontade de conhecer a República Dominicana, sobretudo pelos comentários que ouvia de quem já lá tinha estado, só que achava que era o local típico do dolce fare niente, pelo que era um destino apropriado a uma altura em que eu estivesse mesmo muito cansada. Foi o caso. Na República pudemos usufruir de alguns dias de merecido descanso, namorar muito, mas ao mesmo tempo aproveitar a companhia das pimpolhas, que levamos connosco, porque férias a sério só mesmo em família :-)))
Já tenho imensas saudades daquele tempo sempre quente, da piscina que era aquele mar, das águas quentes, dos peixinhos tão habituados aos turistas que nem fugiam e se deixavam ver facilmente, do "no stress", da comida, da bebida, do muito mimo que tive e dei durante esses dias...


Peripécias da viagem:

  • A aterragem do avião apenas à terceira tentativa de aproximação à pista, por haver uma tempestade localizada na zona do aeroporto com muito nevoeiro. Algum medo, e a preocupação de ter que ir para o aeroporto da capital, que distava 8h de autocarro da zona para onde íamos;

  • Já no transfer para o hotel, viagem de cerca de 1:30, somos informados de que estava em circulação naquele dia uma máquina de extracção de ouro, que pesava 600 ton e viajava a 3 km/hora, pelo que se nos cruzassemos com ela a viagem demoraria muito mais tempo. À frente, apesar de termos visto a máquina parada e respirarmos de alivio nessa altura, cruzamo-nos com os camiões de apoio ao seu transporte, pelo que a viagem acabou por demorar cerca de 3h;

  • No primeiro dia esteve sempre a chover. Depois disso choveu quase todos os dias. Não saíamos da praia, a medida mais radical que tomavamos quando se justificava era embrulhar os nossos pertences numa toalha e esperar que passasse;

  • No transfer de regresso do hotel, somos informados de que o ar condicionado tinha acabado de avariar. Fizemos a viagem de regresso com as janelas todas abertas, sob uma temperatura abrasadora. Mais agradável ainda se pensarmos que o nosso autocarro era o ultimo de 3 e que grande parte das estradas são em terra batida e levantam imenso pó. :-S


No meu facebook deixo algumas fotos da viagem, para quem tiver acesso e curiosidade. Quem tiver curiosidade mas não tiver acesso, pode sempre enviar um e-mail a pedir.

E pronto, está feito o relato, agora só falta arranjar coragem para voltar à rotina do despertador a tocar todos os dias antes das 7h da manhã, ao que se segue um dia sempre a correr...

Até sempre,
Cookie
PS - Ao meu amor: Foste uma companhia de férias maravilhosa. Obrigada pelas minhas 25h horas diárias de mimo :-)))

Menos de 24 horas...

... para se acabar a boa vida...
Aiai...

Até sempre,
Cookie

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

No regresso um desabafo

Há muitas pessoas que acreditam que as coisas que acontecem sem serem planeadas são muitas vezes as melhores das suas vidas. Gostava imenso de acreditar nisso...
Fica prometido para breve um post sobre as (maravilhosas) férias.
Até sempre,
Cookie

domingo, 15 de agosto de 2010

De férias...

Republica Dominicana
Se precisarem de alguma coisa, estarei por aqui. :-)))
A tratar-me bem... porque depois de um ano tão cheio, eu e os "mais-que-tudo" merecemos!!!

Regresso no fim do mês... Ou então... fico por lá :-)))

Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

A dar as últimas

Eu sei que tenho andado meia ausente. Não estou de férias... estou apenas demasiado cansada, e com a correria habitual nem tenho tido tempo para ligar o PC em casa...
A minha última semana de trabalho coincidiu com o regresso de férias do chefe, e a diferença de ritmos é muito evidente e acaba por me incomodar...
Resta-me o consolo de saber que apenas mais 3 dias me separam do descanso, e que tenho o paraíso à minha espera... :-)))
Até sempre,
Cookie
PS - A Giulietta já é minha companheira de viagens, e à parte um incidente inicial (que a levou à oficina logo no primeiro dia), estou muito satisfeita com ela...
PS2 - O Toyota não gostou de ter sido abandonado pela dona, e depois dos primeiros sinais de alerta, no motor de arranque, logo no dia em que o fui deixar ao comprador, parece que está mesmo a querer avariar, pela primeira vez em 8 anos... E depois querem convencer-me de que não tem sentimentos...

sábado, 7 de agosto de 2010

O primeiro jogo de futebol...

... a ver a final da super-taça entre o Porto e o Benfica, sentados no sofá... Eu vou alternando entre a diversão pelo entusiasmo dele, e o medo de que na sequência de alguma reacção efusiva ou de descontentamento acabe por levar uma cotovelada dos seus enormes braços...
Pelo menos parece que o Porto vai ganhar... pelo que a noite, depois deste interregno futebolistico, vai continuar animada...
:-))))
Até sempre,
Cookie
PS - Pelo menos somos do mesmo clube, a diferença é que eu não "pesco" mesmo nadinha :-)

terça-feira, 3 de agosto de 2010

E depois tenho pessoas que me fazem isto...

Estava eu muito sossegada a trabalhar, quando recebo por e-mail o seguinte poema:
"Meu nome é Corolla

Olá, meu nome é Corolla
À minha dona sempre fui fiel
Não sei o que lhe deu na carola
Trocar-me assinando um papel

Sempre fui muito fiável
De Faro até Viana
Não sei que lhe passou pela cabeça
Ao trocar-me por uma Italiana

Bem sei que a Giulietta
É mais gira que eu
Mas se sabia desta traição
Tinha pelo menos furado um pneu

Eu amava a minha dona
Tudo fiz para a satisfazer
Uma facada desta espécie
Nunca pensei ver dessa mulher

Mas vingança serve-se fria
E só tenho uma coisa em mente
Quando ela aparecer na estrada
Vou atravessar-me á sua frente

Adeus, Cookie Adeus…"
Eu mereço?!?!?!?!?
Até sempre,
Cookie

E quando dei por mim...

... as lágrimas caíam-me pela cara abaixo, ontem ao despedir-me do meu Toyota, meu companheiro tão fiel, em tantos momentos. 8 anos, tantos quilómetros juntos, tantas horas... tanta vida... em que ele me acompanhou, sem nunca me desiludir...
Eu sei, sou uma trenga (à moda do Norte) que ganha afecto a uma máquina... Mas estou a tentar sacudir a tristeza...
Até sempre,
Cookie

sábado, 31 de julho de 2010

Giu...

Hoje vi pela primeira vez o meu carro novo :-)))))
Ainda não o trouxe para casa, porque acabou de chegar ao parque do concessionário e ainda não tem matricula. É lindoooooooooooooooooooooooooo...

Só espero é ter com ele metade da sorte que tive com o meu fiel Toyota, companheiro de mais de 270.000 kms de estrada. Já ando cheia de saudades...

Até sempre,
Cookie

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Instantes - uma lição de vida

Se pudesse viver de novo a minha vida,
Tentava dar mais erros da próxima vez,
Não tentava ser tão perfeito,
Relaxava mais.
Seria mais tolo do que fui.
Na verdade, levava muito pouca coisa a sério
Seria menos higiénico.
Corria mais riscos,
Viajava mais,
Contemplava mais entardeceres,
Escalava mais montanhas, nadava em mais rios.
Ía a muitos outros lugares onde nunca fui,
Comia mais gelados e menos favas.
Teria mais problemas reais e menos imaginários.

Fui daquelas pessoas que viveu sensata e
Plenamente, cada minuto de sua vida;
É claro que tive momentos de alegria.

Mas, se pudesse voltar atrás, tentava
Viver apenas os momentos bons.

Porque, se não sabem, é deles que a vida se faz;
De momentos, apenas: Não percam o agora.

Eu fui daqueles que jamais
Ía a algum lado sem um termómetro,
Uma botija de água quente,
Um chapéu de chuva e um pára-quedas;
Se pudesse voltar a viver, viajava mais leve.

Se pudesse voltar a viver,
Começava a andar descalço no inicio da Primavera
E andaria descalço até ao fim do Outono.
Dava mais voltas de carrossel,
Contemplava mais madrugadas,
E brincava com mais crianças,
Se tivesse uma vida à minha frente, outra vez.

Mas já viram que tenho 85 anos
E sei que estou a morrer.

José Luis Borges
1899-1986
Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 28 de julho de 2010

New look...

... a propósito de alguns comentários aqui no blog (felizmente abonatórios) informo que a mudança de visual do blog foi forçada. O meu template desapareceu no dia 23-07, e basicamente o que fiz foi no dia seguinte escolher no blogger um dos primeiros que me apareceu :-))). Dada a minha paixão pelos livros, fiquei satisfeita com o resultado.
Espero que também gostem.
Até sempre,
Cookie

terça-feira, 27 de julho de 2010

Step by step...

... a vida vai avançando, e alguns sonhos antigos, esquecidos sob a poeira do tempo, vão recuperando a pouco e pouco o seu lugar de destaque...

Para ti... tão bom como acordar ao teu lado, é sonharmos juntos.

Até sempre,
Cookie

domingo, 25 de julho de 2010

Coração na tua mão

Regressados do passeio da tarde para o café, com temperaturas exteriores que oscilavam entre os 38º e os 40º, a sede era imensa. Depois de beber dois copos de água, comento com ele casualmente que quando fossemos ao supermercado tínhamos que comprar Pedras Limão & Chá Verde, que era mesmo o que me estava a apetecer.
Minutos depois, ele volta a sair de casa, dizendo-me que ía dar uma volta. Regressa com um pack da minha Pedras preferida. Deixa-me quase sem palavras.
O amor é mais bonito quando é pontuado por atitudes destas. E é pelo somatório de muitos pequenos gestos como este que o meu coração, a cada dia que passa, está cada vez mais na tua mão. E não tenho dúvidas de que está muito bem guardado!

Até sempre,
Cookie

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Aprender...

... a relativizar...
A não fazer de pequenos assuntos grandes temas. De frases ditas sem pensar motivos para grandes discussões. Que o amor não se questiona por pequenas coisas ou pormenores. Todos temos os nossos momentos mais ou menos felizes. Todos já dissemos coisas de que nos arrependemos. Quem nunca o fez, que atire a primeira pedra. Eu, raínha das "explosões"(*), desde já vos garanto que vou ficar bem quietinha.
Até sempre,
Cookie
(*) Acho que estou reformada e passarei brevemente a assumir o titulo de "raínha do amuo". Não sei de qual gosto menos...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Os meus dois amores

A pouco e pouco os laços entre os dois vão-se tornando mais fortes, à medida que a convivência aumenta, vai crescendo a cumplicidade, alimentada por inúmeras brincadeiras, e muitas gargalhadas da minha pequenita. Desde o dia que se conheceram, senti uma empatia grande entre os dois, que muito me tranquilizou. Com o passar do tempo fui-me preocupando um pouco com um ou outro sinal de alerta da minha filha, em determinadas situações em que sentia que algum do seu espaço poderia estar ocupado por uma nova presença cá em casa.
Mas hoje, dia de feriado municipal, depois de passarmos o dia a três, senti-os tão próximos, tão unidos, com tanto afecto um pelo outro... que o meu coração se encheu de alegria, com o reforço da certeza de que temos tudo, mas tudo mesmo, para podermos ser uma familia feliz!

Ao J., aproveito a oportunidade para agradecer todo o carinho pela minha filha... Amo-te!

Até sempre,
Cookie

domingo, 18 de julho de 2010

Está quase!!!




E eu admito que ando doidinha para lhe "por as mãos"!!!

Adoro a publicidade:
"Eu sou Giulietta, e sou feita da mesma matéria de que são feitos os sonhos.
Sem coração, seríamos apenas máquinas."

Até sempre,
Cookie

sábado, 17 de julho de 2010

Dialectos de ternura #3

É maravilhoso ir alimentando, de parte a parte e em pequenos gestos, com pequenas surpresas ou actos de vontade, um amor que, apesar de recente, não pára de crescer...
Depois de mais uma surpresa, com o coração transbordante de felicidade, torna-se claro para ela: encontrou o homem com que sempre sonhou...
Que a chama continue a ser assim alimentada por muito tempo.

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Pearl Jam

No passado Sábado, superando a minha aversão a multidões, e sobretudo pela companhia, desloquei-me ao Optimus Alive para assistir ao concerto dos Pearl Jam, no meio de 45 mil pessoas. Valeram a pena todas aquelas horas em pé, sem um WC portátil :-)), com pouca comida, e muitos encontrões, o cansaço, as horas de viagem já com muito sono.
O concerto foi especial, por ser o ultimo da digressão e porque se nota que existe uma ligação grande da banda ao nosso país. Dedicaram inclusivamente uma música ao nosso país, que tinham improvisado num concerto há cerca de 10 anos atrás, e cujo refrão era "Portugal!Portugal!". No final da música Eddie Vedder dizia que se o aceitassemos, se mudaria para cá. Disse que o público português era dos melhores do planeta, e por esse motivo gostavam sempre de começar ou terminar por cá as digressões. Saiu do palco com a bandeira de Portugal nas costas. Simples e humilde... pelo menos assim me pareceu... perante milhares de pessoas num entusiasmo contagiante, cantando em unissono.
O meu momento alto da noite: envolvida num abraço bem apertado e sentido, a ouvir Just Breathe, pensava que era impossível ser ainda mais feliz, do que ali, naquele momento... Para o top dos melhores momentos da minha vida :-)
Para o meu amor: "Hold me till I die, Meet you on the other side"

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Do calor...

... só para dizer que às 23h estão mais de 30º dentro de minha casa.
Estou a derreter...
Até sempre,
Cookie

domingo, 4 de julho de 2010

Já agora...

... quem tiver má opinião acerca da Alfa Romeo (de preferência fundamentada em exemplos concretos) fale agora ou cale-se para sempre!
Bom Domingo!
Cookie

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Dialectos de ternura #2

Parte de mim - Pedro Abrunhosa
Onde estiveres, eu estou
Onde tu fores, eu vou
Se tu quiseres
Assim,
Meu corpo o teu mundo,
Um beijo um segundo,
És parte de mim.
Para onde olhares
Eu corro,
Se me faltares
Eu morro
Quando vieres,
Distante
Solto as amarras,
E tocam guitarras por ti como dantes.
Agarra-me esta noite,
Sente tempo que eu perdi,
Agarra-me esta noite,
Que amanhã não estou aqui,
Agarra-me esta noite,
Sente tempo que eu perdi,
Agarra-me esta noite,
Que amanhã não estou aqui.

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 28 de junho de 2010

À custa das Scut...

... e apesar de continuar a ter uma vaga esperança de que a introdução das portagens acabe por não ir avante, tomei a decisão de mudar algumas das minhas rotinas diárias. Passei a partilhar o automóvel nas deslocações para o trabalho, e a levar comida de casa para o almoço. Este ano o meu rendimento disponível vai sofrer uma redução significativa (quer pelo aumento dos impostos, quer pela redução da componente variável da minha remuneração)... por isso, se é para apertar o cinto, cá vamos nós...
E isto a bem do projecto de troca de carro, que está a ter uma evolução considerável nos últimos tempos. Brevemente darei novidades!!!
Até sempre,
Cookie

domingo, 27 de junho de 2010

Pedido importante

Hoje, pela primeira vez, encontrei palavras minhas num outro blog, sem qualquer referência ao autor. E fiquei com um nervoso miudinho que nem vos conto. Para esclarecer, eu não me importo nem um bocadinho de emprestar as minhas palavras, até fico satisfeita de as encontrar noutros locais da blogosfera (já tinha acontecido), desde que tenham o cuidado de identificar a sua proveniência. Estamos entendidos? Obrigada :-)
Até sempre,
Cookie

Demasiado cansada...

... para escrever o que quer que seja, venho hoje aqui apenas para prometer noticias para breve. :-)))

Até sempre,
Cookie

sábado, 19 de junho de 2010

Parabéns, princesa...

... faz hoje seis anos que a minha vida ficou muito mais bonita, para sempre alterada. Olho agora para ti e enches-me de orgulho, a cada palavra, a cada expressão, a cada gesto, em cada brincadeira. Amo-te, princesa! Que nos teus 6 anos, de tantas mudanças e novas aprendizagens, sejas imensamente feliz, comigo por perto rejubilando a cada sorriso teu.

Muitos parabéns
Mãe

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Dialectos de ternura #1

Para compensar a ausência que já vai sendo longa, inaugura-se hoje uma nova rubrica. Sobre as relações e o amor...
"Ao volante do seu automóvel, em regresso após uma reunião de trabalho, a sua mente vagueia, acabando por chegar até ele... Perdida nos seus pensamentos, revivendo conversas e momentos juntos, entende porque é que ele a faz tão feliz. Entende-se a si mesma... nunca procurou um namorado... nem mesmo um marido. Procurava um companheiro. Alguém que pudesse seguir consigo de mãos dadas, pela vida fora. E acredita que o encontrou..."
Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Pensamento do dia - sobre a coscuvilhice

Se eu não pretendo (e nem tenho possibilidade de) deixar de morar numa terra pequena, e se nas terras pequenas às vezes parece que um dos principais passatempos das pessoas é comentarem (e criticarem) a vida alheia... se eu decidi não viver a vida do modo mais convencional e dedicar-me a procurar a felicidade, sem medos de reverter decisões passadas no intuito de corrigir trajectórias erradas... então devo deixar de me preocupar com o que os outros pensam ou dizem.
Viver a minha vida de forma tranquila e como considero que é mais correcto... Seguir apenas a minha consciência!

Até sempre,
Cookie
PS - Se bem que às vezes me apetece mesmo "pirar-me" para nunca mais voltar. De onde vem a má lingua? Gente desocupada, digo eu...

domingo, 13 de junho de 2010

Our moments

Estou a começar a arrumar a cozinha. A R. vem ter comigo, muito contente com o prato da fruta na mão e a mostrar-me que tinha comido tudo. Empenhada em deixar-me orgulhosa, lava o prato e o garfo, para colocar na máquina de lavar. No meio deste quadro tão rotineiro, o meu sorriso abre-se. De forma intensa, sinto que sou feliz...
Eu, Cookie Maria, tenho neste momento, na minha vida, tudo o que preciso para ser feliz!
E uma cozinha para arrumar... :-)))

Até sempre,
Cookie

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Escolhas

Há coisas que dificilmente faço sem me apaixonar, o que não quer dizer que esqueça o lado racional. Uma delas é trocar de carro, coisa que queria (e precisava de) fazer este ano. Para tal defini alguns critérios, sendo os mais importantes: um preço limite, a fiabilidade, e fazer uma média de consumos mais baixos do que o que tenho actualmente. Mas o lado estético é o que me enche o coração...

Já há algum tempo que ando atenta aos modelos, e de momento estas são as minhas paixões:



Nissan Qashqay - adoro o modelo, o preço está dentro do plafond que defini. O problema são os consumos. Faço muitos kms todos os dias e não posso dar-me ao luxo de estar a aumentar as minhas despesas mensais com combustível.

Peugeot RCZ - lindo de morrer, mas claramente off budget, principalmente na versão diesel, que é a que me interessa. É aquela paixão irracional :-))) Até porque preciso de um carro com lugares a trás efectivos e não apenas para "enfeitar", como parece ser o caso (ainda não vi ao vivo)... Mas sabem, eu acho que há um tempo na vida para tudo, até para cometer uma loucura... Porque não agora? :-)))

Existem outros, mas nada que me encha as medidas. Se alguém quiser dar ideias, aqui a Cookie fica muito agradecida. E entretanto, vou esperando que o meu Toyota, quase a fazer 300.000 kms, me continue a ser fiel...

Até sempre,

Cookie

quarta-feira, 9 de junho de 2010

I feel good

Lá dentro, enquanto brinca no quarto, a minha filha trauteia alegremente o "I feel good", que me parece ser uma das músicas que compõem o alinhamento da festa de finalistas do infantário, que vai ocorrer daqui por uns dias.
A mãe acompanha-a na canção, quer no ritmo, quer no coração. I feel really good! :-)))
Até sempre,
Cookie

terça-feira, 8 de junho de 2010

Agora é que é mesmo uma história de amor

"De repente, a palavra Amo-te escorregou dos seus lábios. Estivera durante algum tempo a lutar contra ela, teimosa em querer sair. O seu cérebro insistia em dizer: ainda é cedo. O coração falou mais alto. Ele mudara o seu mundo, em tão pouco tempo... E a sua cumplicidade era tão perfeita que parecia que ele sempre lá tinha estado, ao seu lado... companheiro, amigo, dedicado, corajoso, romântico... Perfeito.
Mostrou que queria ficar com ela, deu-lhe provas irrefutáveis de um sentimento intenso e genuíno. Lutou para a conquistar. E ela, desarmada, envolvida, rendeu-se...
Aconchegada naqueles braços que já eram a sua casa, ouviu-se dizer: Amo-te... como se naquele momento nada mais existisse, nada mais fosse importante...
E os medos, que à custa de desencontros passados, habitam na sua cabeça, apenas conseguiram dizer, num sussurro: que seja eterno, enquanto dura."

Até sempre,
Cookie

domingo, 6 de junho de 2010

Uma história de amor :-s

Eu sei que já tinha deixado bem claro que os meus sentimentos eram fortes, mas agora é que eu estou realmente encantada. Não é que os anormais dos meus vizinhos de cima resolveram aderir à moda das vuvuzelas, e passam o dia todo a tocar uma mesmo "por cima da minha cabeça"?!?!?!?!??!? Admito que as vuvuzelas começam a despertar em mim instintos assassinos...

Até sempre,
Cookie
PS - Pensavam que eu ía falar de quê? :-)))

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Long day

Hoje foi um dia demasiado comprido.
Às vezes dá-me a sensação que há gente "a mais" na minha vida. Alguns andam com papeis trocados. Outros, por circunstâncias do quotidiano, não podem ter o protagonismo que mereciam. Há ainda aqueles que ainda não perceberam que foram um erro de casting, e que, detectado o equívoco, passaram a ser meros figurantes.
E depois há aqueles que me fazem desejar ter o poder de os envolver num abraço protector, que os livrasse de todos os males e afastasse para bem longe todo o sofrimento.
Até sempre,
Cookie
PS - Peço desculpa a quem por cá passa, eu às vezes escrevo mais para mim. Isto hoje é apenas um desafabo.

domingo, 30 de maio de 2010

Meninas, digam lá...

Haverá algo mais encantador num homem, do que a capacidade (e a vontade) de nos surpreender a cada instante, com pequenos e singelos gestos de carinho? Que nos demonstra, em acções, que estamos sempre no seu pensamento?
Eu acho que esta é uma caracteristica absolutamente deliciosa...

Até sempre,
Cookie

sábado, 29 de maio de 2010

Juizos de valor

Ensinou-me a vida a não fazer juizos de valor acerca das pessoas. Porque cada caso é um caso, e em muitos deles há justificações válidas para esta ou aquela conduta. Porque na minha vida já aconteceram coisas que nunca imaginei que poderiam acontecer-me. Que rejeitaria à partida que pudessem ocorrer comigo... Naturalmente que o mesmo pode acontecer aos outros. Por isso, procuro nunca formar opiniões sem conhecer de facto as situações, sem ouvir e compreender as pessoas.
E como li ainda há poucos dias num outro blog que costumo visitar, eu também já aprendi a nunca dizer "desta água não beberei".

Até sempre,
Cookie

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Frases sentidas #38

Bem a propósito, deixo-vos mais uma frase do "pensador", que hoje esperava por mim ao entrar no blog:

"O silêncio é o mais perfeito arauto da felicidade. Eu estaria pouco feliz se pudesse dizer o quanto."
William Shakespeare

:-)))))

Até sempre,
Cookie

terça-feira, 25 de maio de 2010

Diferentes conceitos de história

Há pessoas que são importantes para nós, e que, ainda que o seu papel na nossa vida mude, ficarão para sempre na nossa história, no baú das recordações mais queridas. Outras, podem até ter em determinado momento um lugar de destaque... mas rapidamente passam à história... ao nosso caixote do esquecimento.
Não sei se me faço entender, mas esta tem sido a minha experiência...
Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Apesar da tranquilidade...

... neste noite o que sinto é que gostaria de poder afastar-me durante algum tempo, partir sózinha com os meus pensamentos, para longe de tudo e de todos. Colocar a minha vida, principalmente os últimos meses, em perspectiva... E pensar como é que me encontro agora tão longe do caminho que tinha traçado...
Porque às vezes, é mesmo de um pouco de solidão que precisamos...

Até sempre,
Cookie

sábado, 22 de maio de 2010

Só para dizer...

... que estou sem inspiração para escrever, mas estou serena, tranquila... E já há um bom tempo não me sentia assim, tão bem.

Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Caixinha de surpresas #4

Não é habitual, mas ontem no meio das suas correrias, a R. caiu e magoou-se (mas nada de especial). Foi uma choradeira enorme, que só acalmou quando chegamos a casa. No banho, mais um momento de stress... Já cansada e quase a perder a paciência, porque sei perfeitamente que este choro todo só acontece por causa do mimo de estar com a mãe, lembro-me de lhe colar pensos rápidos pela perna, nos sitios onde se tinha magoado. Ao todo, 3. A reacção, acompanhada com um sorriso, foi: "mãe, posso ir amanhã de saia para mostrar aos meus colegas?"
E nunca mais houve choro :-)))

Até sempre,
Cookie

terça-feira, 18 de maio de 2010

Confesso...

... que há pequenos gestos de atenção e carinho que me deixam tão derretida como manteiga ao sol...

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Frases sentidas #37

Se eu fosse perfeita, apenas iria querer ao meu lado pessoas perfeitas. Provavelmente seria uma pessoa muito solitária. Mas eu sou tudo menos perfeita, portanto se gosto de alguém, se essa pessoa é importante para mim, devo aceitar as suas imperfeições, e perdoá-las. E isso fará de mim uma pessoa melhor.

Até sempre,
Cookie

Adoro...

... chegar a casa e rir-me com os vossos comentários.
No dia de hoje, Hummm (também conhecido por Cusco - e desde já desculpa por revelar a tua identidade secreta) e For You, obrigada pelo sorriso que deixaram no meu rosto!

Até sempre,
Cookie

domingo, 16 de maio de 2010

Aiai...

Matt Bomer

Está assim uma pessoa a curtir a sua neura quando de repente no meio do zapping lhe aparece à frente esta carinha laroca... e a disposição fica logo bem melhor :-)))

Até sempre,
Cookie

No questions allowed

Aproveitando que hoje estou com mau feitio, fica aqui uma informação para as pessoas que conheço e a quem dei acesso a este blog. Nos posts que escrevo, aquilo que transmito é exactamente o que pretendo transmitir. Nem mais, nem menos. Se eu quiser partilhar alguma coisa com alguém, fá-lo-ei, com certeza.
Apenas para pedir o favor de não me fazerem perguntas, porque o mais provável é que eu não queira responder-lhes. Obrigada!

Até sempre,
Cookie

sábado, 15 de maio de 2010

...


Depois de uma noite entre amigos, que terminou de madrugada, e de uma violenta discussão dos vizinhos de cima logo pelas 9h da manhã, depois da qual não consegui dormir mais... hoje vai ser dia de sofá e soninho...

Até sempre,
Cookie

quinta-feira, 13 de maio de 2010

A good day

Depois de ontem ter dito um definitivo adeus a alguém que chegou a ser importante na minha vida, e não sendo eu dada a decisões radicais, pensei que ía passar o dia de hoje a digerir essa despedida.
A verdade é que tive um dia cheio de coisas boas. Consegui concentrar-me no trabalho, pelo meio recebi um enorme elogio de alguém cuja opinião prezo, como tinha formação da parte da tarde fui almoçar quase de surpresa com uma querida amiga. Tive como formador, também sem contar, um dos meus melhores amigos, uma situação que de inicio foi estranha, mas que acabei por adorar. Depois estive com a minha irmã e pude constatar que existem progressos no seu estado de saúde, para além de ter tido o conforto do seu abraço, de que tanto gosto.
Quando dei por mim, estava no ginásio, com a minha filha ao lado, e um enorme espelho à minha frente, ali estava ele... o meu sorriso! Solto, franco sincero e espontâneo... Como sempre... Depois de ter andado tão escondido por uns dias!
A vida é uma agradável surpresa e nunca sabemos o que o dia seguinte nos reserva. E há tantos dias que nos podem trazer tanta coisa boa!
Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 12 de maio de 2010

Adeus


Hoje descobri que sei dizer Adeus em 7 línguas diferentes.
Sou poliglota :-)


Até sempre,
Cookie

Frases sentidas #36

"Nem sempre tens tempo para mim, mas sei que posso contar contigo, que, num momento de crise, estarás ao meu lado, que voltarás sempre, porque se a vida é um eterno regresso a casa, a amizade é um amor eterno."
Margarida Rebelo Pinto
Hoje mais do que nunca, esta frase faz sentido para mim. E a quem, no momento de crise, esteve ao meu lado sem desarmar, deixando até de almoçar para que eu não ficasse sozinha... as palavras nunca serão suficientes para exprimir o meu agradecimento...
Até sempre,
Cookie

terça-feira, 11 de maio de 2010

Festa no trabalho

Para ajudar à (minha) festa - uhuuuuuh, yeaaaaaaaaaaahh!!! - o ambiente de trabalho está ao rubro. O chefe anda insuportável, o sub faz de mim o muro das lamentações e ameaça que se vai embora.
Agora é que o Euromilhões vinha mesmo a calhar. Estando nós em época de fervor religioso, e mesmo não sendo eu uma crente, prometo que se o ganhar vou a Fátima a pé... :-)))
Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Adeus tristeza, até depois!

Parafraseando Fernando Tordo, e depois dos posts de hoje, em que me despeço do tema (esperando não ter deixado ninguém deprimido pelo caminho), quero dizer-vos que a partir de hoje, este blog volta a ser "leve e doce como uma bola de gelado"! Adeus melancolia, adeus tristeza!
Viva os sorrisos, os amigos, o carinho da minha filha, viva a diversão, viva o chocolate, viva o exercício físico, viva quem gosta de mim, viva o ver sempre o lado positivo das coisas, viva a experiência, viva a maturidade, viva a sinceridade, viva a tranquilidade!
Viva a vida!

Até sempre,
Cookie

Experiência

Um dos aspectos positivos de já contar com alguma experiência de vida, é sabermos que determinados acontecimentos, que na altura foram importantes, e que nos deixaram marcas, colocados sob a perspectiva do tempo, afinal até não tiveram relevância nenhuma e mal nos lembramos deles. (ena que frase tão grande)
Assim o será desta vez também... Não há nada que o tempo não cure :-)))
Até sempre,
Cookie

Instinto

Há uns tempos, o instinto falou-me. Disse-me para não avançar. "Vais-te magoar", "vais sair a perder muito mais do que aquilo que vais ganhar", dizia-me a todo o instante. Optei por não o ouvir, e avancei, apesar de o fazer à cautela, cheia de defesas, vestindo sentimentos com uma capa de orgulho...
Da próxima vez que o instinto me falar, por maior que seja a tentação... vou ouvi-lo!
Até sempre,
Cookie