Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

domingo, 30 de agosto de 2009

Para fora cá dentro

Pois meus queridos amigos, conhecidos reais ou virtuais, ou totais desconhecidos que apenas se encontrem em trânsito, informo que durante os próximos dias, para queimar os últimos cartuchinhos das férias, vou andar por aqui...
É pertinho, mas mais para o interior... vamos na tentativa de resolver a questão das temperaturas de que tinha anteriormente falado (claro que entretanto estamos em presença de uma onda de calor, e esta viagem que entretanto marcámos até seria desnecessária... mas agora já está marcada e até já estamos cheios de vontade... por isso, vamos aproveitar).
Depois conto como foi!

Até lá!!!
C&C
PS - Já agora, alguém reconhece? Pergunto porque já ouvia falar neste hotel há imenso tempo, pelo que penso que deve ser um hotel bastante conhecido. Cá no Norte, pelo menos...

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Um novo amor...


Faz por esta altura um ano, que ao regressar de férias tive a melhor noticia dos últimos tempos. A minha mana mostrou-me a sua primeira ecografia de gravidez! E neste preciso momento aqui a Cookie apaixonou-se... Recordo emocionada o enorme abraço que lhe dei e a imensa alegria que senti. A gravidez foi decorrendo com normalidade, com a familia a acolher cada novidade com entusiasmo... a barriguinha que começava a aparecer, os primeiros movimentos, a noticia de que vinha a caminho um menino (que as mulheres do lado materno da familia receberam com muita alegria), a escolha do nome... No dia 21 de Abril nasceu o R, um bebé que é o sonho de qualquer mãe, tranquilo, simpático, uma perfeição...
Recordo-me de há pouco mais de um mês ter sido brindada com o primeiro sorriso, que me deixou de lágrimas nos olhos... Já me conquistaste, meu pequeno principe! Mas foi há um ano que essa conquista começou...
Tem sido maravilhoso ir acompanhando (se bem que não tão de perto como gostaria) todos os teus progressos e conquistas.

Para ti, pequeno R, um beijinho enorme e maravilhado
A madrinha

Para todos, até sempre,
C&C

domingo, 23 de agosto de 2009

Um momento de sabedoria popular

Ontem fui buscar a R à terrinha. Cerca de 100 kms em direcção ao interior do país. Uma viagem de menos de 1 hora, mas ainda assim com a surpreendente amplitude térmica de 14º... 22º à partida e 36º à chegada. Constatando esta realidade, ainda ao volante do meu carro, imediatamente me vem à cabeça um ditado popular: "dá Deus nozes a quem não tem dentes", que é como quem diz "dá Deus temperatura a quem não tem praia"...
Isto está realmente muito mal distribuido... (porque neste caso, como em outros, "no meio é que estaria a virtude" :-)))

Até sempre,
C&C

She's back

E pronto, é só para dizer que, como num passe de magia (ou melhor será dizer, à vista do luminoso sorriso da minha filha), estou outra vez feliz e contente... Estou de férias, e na melhor companhia. E a falta que ela me fez nestes últimos dias só pode é servir para sentir que este tempo que temos agora juntas(os) é precioso e que o devo aproveitar da melhor forma possível.

Há um ditado meio estúpido que diz que "as moscas apanham-se com mel". E a R funciona assim mesmo, muito melhor pela positiva e com elogios do que com implicações... E para a mãe, também é muito menos desgastante...

Até sempre (com um enorme sorriso)
C&C

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Planos adiados

Hoje, talvez por fazer uma semana desde que entrei de férias, e por estar com mais tempo livre, dei-me de repente conta de que, de as coisas que eu tinha planeado fazer nas férias (tipo ir escolher candeeiros e carpetes para o meu apartamento, levar a R ao cinema, ir com ela ao Sea Life) ainda não tinha realizado nem um para amostra...
Eu sei que estou de férias, o tipico periodo do dolce fare niente... Mas se isto não faz de mim uma especialista em procrastinação... Não sei o que fará...
(e ainda por cima consegui chegar ao final de todos os dias com a sensação de que estes tinham sido muito ocupados...)

Até sempre, (a deixar de adiar)
C&C

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Custou...

Hoje vou quebrar momentaneamente o tradicional estilo "politicamente correcto" deste blog, no que se refere a temas delicados da minha vida, para lavar as minhas mágoas...
Hoje o pai da R veio buscá-la, para passar os habituais dois dias da semana com ele.
E custou...
Custou, porque estou de férias, tenho "todo o tempo do mundo" para a minha filha, e não posso evitar o vazio que sinto por ter que ficar sem ela...
Custou, porque estando a outra parte no periodo de trabalho mais árduo, poderia haver a minima sensibilidade de pensar que poderia abdicar desse "património" dos dois dias por semana, para que a filha tivesse mais tempo de qualidade com um dos progenitores (neste caso eu). É verdade que também não lho pedi...
Custou ter que deixar a minha filha sair de junto de mim com uma pessoa que nem sequer teve o cuidado de trazer a cadeirinha de criança no carro, e isto sabendo que ia fazer uma viagem de quase 100 kms com ela...
E custou, admito, por estúpido ciúme, ver a miúda feliz da vida, porque ía andar de carro descapotável, e pedir-me para a ir buscar no Sábado, mas já tarde, para poder passar mais tempo com ele... Porque sei que como sou eu que tenho o papel mais dificil... o de educar, criar e manter regras, dizer não, dar alguns raspanetes... as férias, mas férias mesmo, do ponto de vista dela, serão sempre os dias que passa com o pai...
Enfim, isto foi só mesmo um desabafo, na tentativa de lidar melhor com a tristeza que, naquele momento em que lhe disse adeus, se abateu sobre mim.
Adoro-te princesa! E sei que é mesmo assim que tem que ser... E também sei que me adoras!
Até sempre,
C&C

Os medos

O papel de mãe está repleto de dificuldades, desafios e dúvidas, que vão variando consoante a idade e a personalidade da criança. Ultimamente as minhas batalhas mais dificeis (além da batalha para comer, que já dura há 5 anos) têm sido a da teimosia (ou será "afirmação de personalidade forte"?) e a dos medos... Medo dos insectos, medo de ter pesadelos, medo dos autoclismos (que vem desde a viagem para o México - e do WC do avião, don't ask me why), medo das ondas do mar. Ontem estivemos a trabalhar sobre este último, e com bons resultados...
A R adora água, mas está mais habituada a piscina. Nesse ambiente é um verdadeiro peixinho... Mas nestas férias não há piscina, temos ido à praia, e as praias nortenhas, para além da temperatura gelada da água, costumam ter também ondulação mais forte.
E ontem lá estive eu, que até detesto ir à àgua, pelo menos meia hora de pézito molhado, apenas para ela a pouco e pouco ir percebendo que não havia perigo... Primeiro permanecia uns 4 passos atrás de mim... Mais para o fim, já se aventurava um pouco para a frente... Corria e saltava nas ondas, feliz e sorridente!

Foi uma vitória!

Até sempre,
C&C

domingo, 16 de agosto de 2009

Perfeito

Apenas ontem me senti verdadeiramente de férias...
Fui buscar a R a casa do pai, ao inicio de tarde, já com a mala do carro carregada. A R muito querida comigo, feliz da vida porque também ela se sentia de férias...
Quando chegamos, segundo o D, o tempo tinha acabado de ficar melhor, porque até então o dia tinha estado nublado. Lá nos preparamos para a praia...
Quando chegamos deparámo-nos com uma tarde fabulosa, sem vento, nem muito calor, nem muito frio, a quantidade certa de pessoas, a maré baixinha como a R gosta... Para parecer o Algarve só faltava mesmo a água estar um bocadinho menos "gelada-apre-que-até-me-congela-os-ossinhos-todos" :-))))

E posto isto, declaro-me oficialmente de férias... Mas como vim para fora cá dentro... Vou andar por aqui!

Até sempre,
C&C

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Amizade à primeira vista


Até hoje aconteceu por duas vezes na minha vida. Conhecer alguém, e logo nas primeiras conversas saber que aquela pessoa vai conseguir chegar àquele patamar mais elevado na escala, que é o dos AMIGOS!
Já conheço uma dessas pessoas há uns 13 anos (como o tempo passa), desde os tempos da faculdade. E apesar de morarmos e trabalharmos em locais distantes, e por esse motivo o contacto não ser frequente, a amizade perdura...


Ontem fui jantar com esta amiga.


O melhor de revermos um amigo com quem já não estamos há algum tempo, é sentir que nada se perdeu pelo caminho, que as conversas fluem com toda a naturalidade (como se nos tivessemos visto no dia anterior) e que é preciso que aconteça algo do tipo os empregados do restaurante virem fechar os estores das janelas para percebermos que entretanto já se passaram várias horas...


Foi delicioso o nosso jantar, querida SS. Não pelo menu (mas o que importou afinal a comida ?!??), mas pela companhia...


Que venham mais destes.

Até sempre,
C&C
PS - Curioso também reparar que esta amiga (também leitora assídua deste blog), como não fala comigo com frequência, para além de ler os meus posts, interpreta-os... interpreta-me... E curioso ir contando "fiz isto, fiz aquilo", e ir obtendo aqui e ali a resposta, "eu sei". Pois... uma parte da minha vida está mesmo aqui...

Temos mais para oferecer


Pode ser efeito das férias, que finalmente chegaram, mas confesso que acho imensa piada a isto... Porque a politica não precisa de ser sempre demasiado séria e sensaborona...


Até sempre
C&C
(com q.b., mas não é para oferecer :-)))))

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A falta que (às vezes) faz um homem

Uma das informações mais relevantes (mas também perturbadora) que obtive na reunião de condomínio foi que existia uma colónia de abelhas "grandes como cavalos" instalada no telhado do prédio, e que as mesmas conseguiam entrar para os apartamentos pelas frinchas dos recuperadores de calor.
Achei um pouco disparatado, mas passados dois ou três dias lá me entrou a primeira. Felizmente estava na sala e ela vinha completamente atordoada, pelo que consegui resolver o assunto de imediato... Efectivamente nunca tinha visto uma abelha tão grande.
E hoje estava a vestir a R depois do banho e começo a ouvir um barulho estranho na entrada de casa. Lá andava mais uma a pulular no tecto. "Estou tramada", pensei, ainda por cima a R anda super cismada com insectos, em especial abelhas, "se ela a vê nunca mais acredita que o insecticida funciona e vai ter medo de adormecer"... Resolvi fechar as portas e esperar que o insecticida, que já estava ligado à corrente, funcionasse, e fui deitar a R.
Quando regresso constado que pelos vistos o insecticida não funciona com abelhas "grandes como cavalos" e preparo-me para a batalha. É nessa altura que penso, "que jeito fazia aqui um homem agora"... Mais uns segundos e tenho uma ideia brilhante... "se eu apagar as luzes todas, abrir a porta do apartamento e acender a luz de lá de fora, ela vai para lá". E assim foi, em cerca de 5 segundos o problema ficou resolvido.
E agora espero que o vizinho da frente (que é o administrador de condominio) se cruze com ela, resolva o assunto, e decida acelerar a desinfestação do telhado...

Até sempre,
C&C

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

De quarentena

Vem a R com a sua boneca Ana, recém-comprada na feira de artesanato, amparando-a no colo e dizendo "ó, coitadinha". No meu papel de avó preocupada, pergunto, "o que tem a Ana, está doente?".
Resposta imediata: "está, mãe, tem gripe A!"

E posto isto, em prol da humanidade e para evitar contágios, não vou poder ir trabalhar nos próximos 4 dias.... Antecipação de férias por motivo de quarentena. Sou tão altruista!!!
:-))))

Até sempre,
C&C

domingo, 9 de agosto de 2009

Rita Redshoes em concerto

Foi um privilégio estar na assistência, numa sala recentemente aberta ao público, depois de profundas obras de remodelação. Uma artista dona de uma voz fabulosa, boa presença em palco, e um repertório de canções que em grande parte desconhecia, mas que me levaram a ficar com muita vontade de comprar o albúm.
Uma noite muito, mas muito bem passada. A particularidade de ser o primeiro concerto (e ainda por cima by night) a que a R assistiu, e que adorou... Ainda por cima feliz da vida por ter no palco dois "R's" iluminados enormes :-)))

Até sempre, e "choose love"!

C&C

Raul Solnado - 1929 - 2009

Não costumo fazer isto aqui no blog, mas neste caso justifica-se.
Porque este homem é uma das referências que me acompanha desde há mais tempo, porque sempre tive por ele um profundo respeito e admiração... Porque não consegui evitar as lágrimas quando soube que tinha partido...
Até sempre, Raul! Vais fazer muita falta a este nosso país. Uma das tuas frases que foi ontem destacada foi o "façam o favor de ser felizes". É o que vou fazer. Também por ti...


C&C

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Love & hate da semana #2


O que eu adoro

Boa vizinhança. Pessoas simpáticas a quem se possa recorrer quando for preciso alguma coisa, simples, e bem dispostas.

O que eu detesto

Reuniões de condominio (como a que acabei de ter mesmo agora). Durou duas horas e discutiu-se de tudo e mais alguma coisa. Por um lado é bom, porque aprendo sempre coisas sobre o prédio... Mas fiquei aborrecida, porque a minha ideia de usar a imensidão de terreno que circunda o prédio para se fazer uma piscina não teve o acolhimento que merecia (apesar de não ser eu a unica a defendê-la) :-))) Ah, e tal, porque fica muito caro... Pois fica, mas era um aumento de qualidade de vida enorme... Agora fazer um court de ténis?!?!?! Please, que utilidade retiraria eu de um court de ténis?!?!?

Até sempre,
C&C

Para já, tudo bem!

Hoje a R fica novamente com o pai, e passou o dia todo com ele no local de trabalho. O pai da R é responsável por uma infraestrutura de lazer cá na terrinha, e foi onde passaram o dia. No final do trabalho passei por lá para lhe dar um beijo, e depois de constatar a atenção e a brincadeira que os funcionários do parque têm com a minha filha, cheguei ao pé do pai e comentei: "daqui por uns 10 anitos é que já não a podes trazer para cá". Ele riu-se, percebendo perfeitamente onde é que eu queria chegar, e disse "pois não".
Porque está visto, colocar a filha teenager do director, junto de umas dezenas de rapazes entre os 16 e os 20 e os poucos anos, ainda por cima morenaços de apanhar muito sol no Verão, é estar à procura de dores de cabeça... :-)))

Até sempre,
C&C

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

O amor é... (desculpem a lamechice)

... fazer 80 kms "desnecessários" no final do dia de trabalho, apenas para dar um beijinho à R, que tinha passado a tarde a fazer o pique-nique com a minha mãe, mana, avó e afilhado, mas que fica esta noite com o pai (coisa que decidi fazer à última hora e de surpresa).
Se valeu a pena? Claro que sim... Valeria a pena fazer o dobro dos kms por aquele bocadinho que estive com a minha pequenina... Valeria a pena ainda que ela não me tivesse dito, em resposta à minha pergunta sobre o que ela tinha gostado mais do pique-nique, que "o melhor de tudo foi tu chegares"...

Adoro esta miuda!!! Adoro ser mãe!!!
(e já estou outra vez cheia de saudades tuas, minha querida R)

Até sempre,
C&C

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

PSP - argggggggg

Depois de ter ouvido mais uma vez (foram pelo menos 3 no último ano) a avó paterna da R dizer "então a menina diz que não sabe onde está a Playstation" (foi o presente que lhe deu no quarto aniversário), e cansada de dar desculpas, muito a contragosto lá fui à FNAC no intuito de comprar jogos simples, em Português, que ela conseguisse jogar sozinha.
No Domingo pedi ao D ajuda e ele esteve a ensiná-la a jogar, ao jogo do Ratatouille. E ela esteve com ele, basicamente a ver jogar. Quando lhe diziamos para experimentar ela negava sempre... E à noite acordou a chorar dizendo que estava a sonhar com os bichos da Playstation... e desde essa noite tem-se deitado sempre a pensar nos insectos (o jogo do Ratatoullie tem aranhas, mas mesmo inofensivas) e com medo...
Entretanto já lhe perguntei se ela queria jogar, e ela negou.
Posto isto, acabei por lhe dizer: "Olha R, eu vou guardar a Playstation, no sitio onde estava. Não te esqueças onde está. Se quiseres jogar é só ires lá buscá-la."

E pronto, só para não ficar mal na fotografia, fiquei sem 60 € (2 jogos + um cartão de memória), a minha filha passou a ficar cismada com os bichos... e de resto tudo igual. Escrevo isto para não me esquecer que para a próxima tenho que ter a coragem que no ano passado me faltou de dizer que não acho determinado presente adequado...
Não soube ser frontal e fiquei com uma pedra no sapato... Pelo menos que sirva para aprender!

Até sempre,
C&C

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Prisão VS Trabalho

(de um e-mail que me o L me enviou hoje)
No caso de terem algumas ideias baralhadas sobre estes dois ambientes, isto deve ajudar a tornar as coisas um bocadinho mais claras!!!

NA PRISÃO: Passas a maior parte do tempo numa cela de 3x3 metros.
NO TRABALHO: Passas a maior parte do tempo num cubículo de 2x2 metros

NA PRISÃO: Tens três refeições por dia completamente grátis.
NO TRABALHO: Tens uma pausa para uma refeição, que tens que pagar.


NA PRISÃO: Tens assistência médica e dental GRÁTIS
NO TRABALHO: Tens um seguro de saúde (que sai do teu salário) e que pode ou NÃO cobrir os tratamentos de que precisas

NA PRISÃO: Reduzem-te o tempo se te portares bem.
NO TRABALHO: Dão-te mais trabalho se te portares bem.

NA PRISÃO: O guarda fecha e abre as portas para ti.
NO TRABALHO: Muitas vezes tens um cartão de acesso e tens que abrir e fechar as portas tu mesmo.

NA PRISÃO: Podes ver TV e jogar o que quiseres.
NO TRABALHO: Podes ser despedido por ver TV e jogar no computador.

NA PRISÃO: Autorizam-te a receber a visita da tua família e amigos.
NO TRABALHO: Nem sequer admitem que fales com a tua família.

NA PRISÃO: Todas as despesas são pagas pelos contribuintes e não tens que trabalhar.
NO TRABALHO: Tens que pagar as despesas para ir para o trabalho e deduzem taxas ao teu salário para pagar os custos das prisões.

NA PRISÃO: Passas o tempo dentro das grades à espera de sair.
NO TRABALHO : Passas o tempo querendo sair e ir para a prisão.

NA PRISÃO: Tens que aturar vigilantes sádicos.
NO TRABALHO: ...chamam-lhes directores.

HÁ QUALQUER COISA MUITO ERRADA NESTA HISTÓRIA

Agora volta para o trabalho
Não te pagam para leres os teus e-mails.
Pensas que estás NA PRISÃO???!!!

Curioso ponto de vista, hein?!!??!? Palpita-me que uns e outros autarcas portugueses estão prestes a poder fazer in-loco esta comparação... Se bem que... saberão bem o que é trabalho?!?!?!? :-)))

Até sempre,
C&C

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Frases sentidas #14 e #15


(do livro Trabalhar sem Sofrer)


"A confiança em si mesmo é o primeiro segredo do êxito"´
Ralph W. Emerson (a quem o dizes, Ralph :-)))


"As diminutas cadeias dos habitos são geralmente demasiado finas para as sentirmos, até que se tornam demasiado fortes para as rompermos"
Samuel Jonhson


Até sempre
C&C

Livros - Trabalhar sem sofrer

Autor: Maria Jesus Alava Reyes
Este post é só mesmo para arrumar um pendente, porque acabei este livro já há mais de um mês. Nada de muito novo, são dicas simples, que podem ajudar as pessoas a lidarem melhor com quotidianos profissionais mais ou menos complicados...

Coisas como: estar atento aos ladrões de tempo (como o e-mail), aprender a dizer não, cultivar uma atitude aberta à aprendizagem, criar uma boa relação com colegas e chefes, baseada na comunicação, definir claramente sonhos e ambições.
Existem estudos recentes que indicam que o stress psicológico provoca 10 anos de envelhecimento adicional... é portanto do nosso maior interesse aprender a geri-lo.

Na verdade, acho que há muito aprendi um pouco de tudo isto, que vou necessitando de utilizar no meu dia-a-dia...

Pontuação para o livro: 4 valores (dá dicas interessantes)

Até sempre,
C&C