Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

sábado, 30 de janeiro de 2010

A piada do dia

Saí de casa do pai da R em Outubro de 2006, há mais de 1200 dias (no excel é fácil de fazer as contas). Há algumas horas tivemos a seguinte conversa telefónica:
L. - Por acaso não sabes onde é que está o meu passaporte?
Eu (concerteza espelhando a surpresa na voz) - Não, como é que haveria de saber?
L. - É que o meu e o teu costumavam estar juntos...
Eu (em pensamento) - Pois, também nós...

De repente e sempre procurando dar alguma ajuda útil, dou por mim a dar-lhe sugestões dos locais onde o devia procurar... Também sou bem totó!!!

(não sei bem se isto tem piada para quem está de fora, mas a mim fez-me rir quase às gargalhadas. e mais não escrevo, para não estragar o estilo que hoje designei de "socialmente correcto" deste blog)

Até sempre,
Cookie

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

O segredo

Hoje tive um dia profissionalmente satisfatório... O segredo? Não passei quase tempo nenhum sentada no meu posto de trabalho. Passei grande parte do dia em reuniões com clientes, em vários locais, a absorver a luz solar deste maravilhoso tempo de Inverno (que eu adoro e me faz tão bem ao espírito) no trajecto. A tratar de negócios, a par com boas conversas, com pessoas interessantes, com grande experiência de vida. E saindo de cada uma dessas reuniões um pouco mais rica, porque com cada uma dessas pessoas, pude aprender um bocadinho mais...
Cheguei ao fim do dia sorridente. E é tão fácil... afinal, andar por fora das "4 paredes" faz parte das minhas funções, só que às vezes com tanta burocracia e alguma desorganização interna não é fácil fazê-lo.
No fundo esta é mais uma nota mental para me fazer contrariar a inércia que por vezes surge... Sou mais feliz assim.

Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Frases sentidas #26


"Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes mas, não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo, e posso evitar que ela vá à falência.
Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.
É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo..."
Fernando Pessoa

Quanto mais vezes leio, mais aprecio cada frase deste texto e me identifico com ele... Hoje partilho convosco esta lição de vida, da autoria do nosso Fernando Pessoa...

Até sempre
Cookie

Nota mental

Não voltar a ir cortar o cabelo sem pensar bem no assunto. É que esta imponderação resulta por vezes em atitudes radicais, de que, no caso, me vou ressentir durante uns mesitos...
Não é que esteja mal de todo, mas... tenho saudades do meu rico cabelinhooooooo...

Até sempre,
C(areca)ookie :-)))

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Se não for pedir muito...


... era para encomendar um tempo como o de hoje para o próximo fim-de-semana...

... e já agora, que até lá eu conseguisse curar esta constipação que chegou cheia de força e que me deu um nariz novo (assim tipo palhacita), alvo de piadinhas de colegas e clientes durante todo o dia de hoje...

Até sempre,
C&C

domingo, 24 de janeiro de 2010

Onde é que ela vai buscar estas ideias?

Estava a R. muito entretida, com a cabecita encostada ao meu peito, a ouvir o meu coração bater, e de repente levanta-se com uma cara muito séria e diz: "ó mãe, se tu morreres eu vou para casa do pai e nunca mais tenho que comer sopa*".
Perplexa com este raciocínio, só me ocorre perguntar-lhe: "e isso é bom?". Pelo menos a resposta negativa foi pronta e determinada. Fiquei mais sossegada :-)))

Até sempre,
Cookie
PS - Vou fazer... a sopa!!!
* O comentário ao facto de na casa do pai, pelos vistos, não se comer sopa, não faz parte do âmbito deste blog. Aliás, procuro que nem faça parte dos meus pensamentos, porque desde que me separei procuro interiorizar que "não me devo preocupar com aquilo que não posso controlar".

Pequeno almoço na cama

Do ritual de Domingo faz sempre parte a R. vir ter à minha cama, ficar aqui comigo um bocadinho, e depois começar a ficar impaciente, dizendo repetidamente: "vamos tomar o pequeno-almoço", enquanto eu, ainda cheia de preguiça, lhe vou dizendo "só mais 5 minutos".
Hoje quando ela me começou a falar no pequeno almoço, eu sorri e disse-lhe: "porque é que não vais tu fazê-lo?". Esperava que ela começasse a reclamar comigo, mas a verdade é que os olhinhos dela iluminaram-se, enquanto se notava que já estava a processar na cabecita o que é que podia fazer.
E lá foi ela, feliz da vida, preparar o pequeno almoço para as duas... Enquanto eu dava toda a minha atenção aos sons vindos da cozinha, receosa de que houvesse estrago, mas não a querendo privar desse momento de independência... Cheia de vontade de ir lá espreitar... mas por outro lado sem querer perturbar...
A minha ajuda foi minima e acabou por se limitar a ir pegar nas coisas que estavam em locais mais altos. Mesmo o "menu" foi da sua escolha.

E foi assim que hoje eu tive o pequeno almoço servido na cama, pela minha pequenita, sorridente e feliz, orgulhosa do seu grande feito!!!
Sem dúvida um começo de Domingo muito especial... Delicioso!

Até sempre,
Cookie

sábado, 23 de janeiro de 2010

Para ti...

No outro dia estavamos juntas no PC, tu entretida com as bandeirinhas do contador do blog, e a pedires-me para te ler algumas coisas que estavam escritas. Percebeste depois (e eu também) que nos últimos tempos praticamente não te tenho dedicado nenhum post, e logo me pediste: "escreve alguma coisa sobre mim, mamã". E ficou prometido um post, no qual tive tempo para pensar porque isto passou-se na 4ª feira à noite e entretanto estiveste com o pai. Ía-te escrever outra coisa... mas optei por te escrever sobre o dia de hoje.

Hoje de manhã acordei com o despertador, depois de uma noite mal dormida, porque disparatadamente adormeci no sofá e quando fui para a cama, a meio da noite, o sono demorou a chegar novamente. Cansada, ainda com dores musculares dos últimos treinos, e pensando que poderia adiantar muitas coisas se não fosse ao ginásio e passasse a manhã em casa. Estava praticamente decidida e já tinha desligado o despertador... Até que de repente, me lembro que indo ao ginásio existia a possibilidade de me cruzar contigo (o ginásio que frequento é onde o teu pai trabalha). Não era certo, porque nem sempre estás lá, mas havia uma possibilidade de te poder dar um beijinho e "matar esta saudade". E perante esta possibilidade, eu, que demoro sempre tanto tempo a conseguir-me levantar, parecia que tinha molas a sair da cama...

Quando cheguei não me pareceu que lá estivesses, mas ao entrar para a sala de treino, lá te vi, de roupão, touca e fato de banho, preparada para ires para a piscina. Com uma cara tão doce, olhaste para mim e deste-me um meigo beijo e um terno abraço... E eu pensei: adoro-te, miuda! Se tu soubesses quanto... Todos os segundinhos contigo são preciosos...

E assim fica pronto o post que te prometi. Daqui a pouco já estaremos juntas novamente e poderei ler-to...

Um beijo do tamanho do mundo, com muito, muito amor,
Cookie

PS - Aos restantes leitores, desculpem a baba :-)))

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Na republica das bananas...

... os temas nacionais que estão na ordem do dia são de extrema importância e pertinência. Senão, vejamos:

Esta semana foi notícia a condecoração atribuída pelo Presidente da República a Pedro Santana Lopes... Muito mais de forma do que de substância, porque pelos vistos é regra ser atribuída a maior distinção do Estado Português a quem já desempenhou funções de chefia do governo, e esta, ao contrário da maioria, é uma regra sem excepção. Abrange mesmo que acabou por ser "despedido por justa causa"...

De forma previsível, Sá Pinto não se aguentou muito tempo como Director Desportivo do Sporting sem dar bronca... Lá ganhou o instinto que aquele homem deve ter sempre presente de andar à batatada, e pronto... Mais um desempregado a sobrecarregar as estatísticas do INE...

Mas para mim, "the winner is" o Tripulha, que de um dia para o outro se tornou numa das estrelas nacionais, ao publicar no YouTube uma série de escutas telefónicas a Pinto da Costa... Uma daquelas coisas que não vai dar em nada, como sempre, mas pelo menos diverte o pessoal e dá que falar... E chateia os "tipos sérios do costume", que são os directamente envolvidos...

E pronto, é com isto que "nós por cá" nos entretemos. Ora digam lá que não são temas dignos de uma república das bananas?

Até sempre,
Cookie

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Um bom dia...

Ontem, acordei... E hoje tive um bom dia. Começou muito mal porque quando o despertador tocou eu estava convencida que era Sábado, pelo que aperceber-me que nem sequer Sexta-feira era foi doloroso...
No trabalho, o costume... Pelo menos consegui manter-me mais concentrada (estando acordada é mais fácil do que estando a hibernar :-P), e consegui manter a determinação de dizer ao chefe que apesar de ele querer fazer uma reunião ao fim da tarde pelo terceiro dia consecutivo, eu tinha horas para sair...
Mas o que tornou este dia especial foi o facto de ter tido várias manifestações de carinho de pessoas que me são muito queridas, que encheram o meu coração de alegria... Logo de manhã, uma colega / amiga a quem dei uma ajuda (coisa de 2 minutos), deixou escapar "és a minha salvação". De tarde, e pela segunda vez no espaço de cerca de um mês, fui presenteada com o titulo de "melhor amiga" de alguém, o que para além de me surpreender (veio de uma pessoa muito popular e que terá, vá, uns 500 mil amigos), deixou-me com um sorriso pateta toda a tarde. Ainda troquei um "gosto muito de ti" com outra colega / amiga, que me foi retribuído.
O melhor do dia aconteceu quando me estava a equipar no ginásio (para uma maravilhosa e extenuante aulinha numa sala com vista para a piscina onde a minha filha fazia aula de natação :-))). Recebo um telefonema da minha irmã, que entre lágrimas emocionadas me deu excelentes noticias em relação à resolução do seu problema de saúde... Chamando-me o seu anjo da guarda, porque no fundo acabei por ter um contributo (se bem que meramente psicológico) para que uma solução muito mais simples fosse encontrada ainda hoje...
Ainda tive um excelente resto de noite com a R, e isto apesar de ser 4ª feira, que cá em casa está cientificamente comprovado que é o dia das birras. Acabou com "milhentos" beijinhos e o já tão repetido, mas sempre sentido, "adoro-te".


Obrigada a quem me fez sentir especial hoje... Foi um bom dia, mas é aos meus amigos, mana e filha que o devo!
Estou feliz... e acordada (mas agora vou dormir que já é tarde :-)))


Até sempre,
C&C

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Sonhos


"A primeira coisa a fazer para transformar os sonhos em realidade, é acordar."
Ambrose Bierce

Esta frase não é uma estreia aqui no blog, mas hoje parece-me mais do que apropriada. Sim, eu vou acordar... Sim, eu cansei-me de viver apenas um dia atrás do outro, sempre às voltas com as mesmas chatices, com os mesmos discursos, com a mesma rotina, com as mesmas pessoas desinteressantes. Apesar de a mudança ser díficil e ser mais confortável olhar para a vida que temos procurando o que nela há de mais positivo... apesar de poder ter que lidar com os insucessos, com o desconhecido... eu quero transformar os meus sonhos em realidade. Vou sair da "hibernação" em que tenho andado e vou à luta. A vida é preciosa demais para nos podermos dar ao luxo de desperdiçar um dia... quanto mais de desperdiçar anos...

Até sempre,
C&C
N.B. Isto pode muito bem ser um daqueles meus (ensaios de) grito do Ipiranga sem qualquer consequência... Mas eu quero levar-me a sério. Agradecia que fizessem o mesmo ;-)
N.B.2 Ainda não comi chocolate. Também podem ser efeitos da privação...
PS - 3 novos seguidores num só dia... até fico emocionada :-)))... voltem sempre!!!

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

Inverno...

Cá entre nós, que ninguém nos ouve, ando meia aparvalhada... Se alguém pudesse fazer o favor de me dar duas bofetadas bem dadas a ver se eu acordo... Agradecia... Eu fazia isso a mim mesma, o problema é que, como diz o outro, isso "aleija".
O dia de hoje também não ajudou, para além de ser 2ª feira, tive ao meu lado uma das pessoas mais chatas que trabalha na mesma instituição que eu (mas felizmente não no mesmo local), que ainda por cima, com a sua falta de discernimento, deve achar que é minha amiga, ou que mesmo não o sendo, tem o direito de me fazer perguntas pessoais e invadir a minha privacidade. Arggghh, que pessoa horrorosa... Mas pelo menos, conclui que realmente sou uma pessoa muito bem formada, porque em vez de a mandar à m... quando numa reunião de conclusão do trabalho dela em final do dia resolveu comentar à frente do meu chefe que quando eu me separei estava muito em baixo e passados uns tempos me viu e o meu rosto irradiava felicidade, limitei-me a dizer: "adiante, T., adiante" (devia tê-la insultado, não devia?).
Agradeço aos meus pais por me terem dado uma boa educação, e a mim por durante estes 33 anos e com tanto convívio com gente palerma ainda não me ter esquecido dela :-)))

Quanto ao meu estado vegetativo-letárgico-aparvalhado... Se não for do Inverno, tenho para mim que é falta de chocolate... e como tenho afastado essa tentação cá de casa, acho que vou mas é dormir, para ver se amanhã acordo mais atinada...

Até sempre,
C&C
PS - A parte das bofetadas era brincadeira... Vá, não sejam mauzinhos :-)

domingo, 17 de janeiro de 2010

À deriva

Para quem possa eventualmente achar que eu ando caladita, a verdade é que estes últimos dias têm sido mais "meditativos". Depois das tais atitudes e dilemas de consciência de que falei, e também devido a um cansaço persistente que me rouba as forças para levar a cabo algumas mudanças que quero fazer na minha vida... tenho andado sobretudo a pensar sobre ela.

Começo a sentir que me falta uma âncora, e talvez por isso, tenho andado à deriva... À espera de melhores dias, de melhores correntes, de ventos mais favoráveis... Que me ajudem a seguir para bom porto...

Até sempre,
C&C

quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Atitudes

Hoje apetece-me dizer que eu só sou responsável pelas minhas atitudes e pela minha consciência (que, segundo dizem, já é suficientemente pesada - não é maninha?). Quanto às dos outros, é lá com eles. Eu não tenho que dizer a alguém que não devia fazer isto ou aquilo, por este ou aquele motivo. A não ser que estejamos a falar da minha filha.
Agora entre adultos, não devo ser eu a levantar temas de consciência ou dizer: já pensaste que ao ter determinada atitude podes magoar alguém. Ou será que devo?
O que é certo é que hoje se poderia ter evitado que alguém tivesse saído magoado se eu tivesse sido a voz da consciência de alguém... Mas não vou, nem posso deixar que o peso na consciência que deve apenas ser da outra pessoa me tire o sono.

Até sempre,
C&C

quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Eu já devia saber disto

A combinação de me estender no sofá, sob a minha manta bem quentinha e com o aquecimento ligado, depois de um dia cansativo, resulta sempre num entorpecimento muscular que inviabiliza totalmente, se bem que de forma temporária, o processo de me transferir para a caminha... Fico aqui como se fosse um vegetal, de pernocas esticadas, e depois (estupidamente) o soninho é que fica a perder...

Mas pronto, vou fazer um esforço sobre-humano e tentar deslocalizar-me :-)))

Até sempre,
C&C
PS - Sim, tenho completa noção de que este post não tem qualquer interesse. Acho que faz parte do processo vegetativo :-)

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Afinal fico por cá

Agradeço imenso a quem me deu indicação de um tio surdo para comprar o meu apartamento, que há dias coloquei aqui à venda, mas mudei de ideias.
Foi com um suspiro de alívio que recebi na reunião de condominio a noticia de que o apartamento acima do meu está apenas arrendado, e por período fixo - 6 meses.
Continuo a achar que a minha vizinha "não joga com o baralho todo", o que se percebe facilmente pelo facto de ter ido queixar-se ao administrador de condomínio que neste prédio existia muito barulho. Sem papas na lingua, de imediato ele lhe respondeu que até eles se terem mudado nunca houve problemas de ruído por aqui, e que agradecia que de futuro tivessem mais cuidado. Ainda por cima, esta cena aconteceu logo depois da reunião de condominio, onde todos se queixaram dos novos vizinhos...
A piada foi mesmo que no pior dia (em que eu acabei por me levantar da cama para ir tocar-lhe à campaínha, porque estavam a martelar na parede - e a excelência fez de conta que não me ouviu) acabamos por concluir que pelo menos uma parte do barulho não foi responsabilidade dela. Ela começou, e depois levou com um coro de vassouradas de todos os apartamentos adjacentes :-)))
Enfim, é como vos digo, nada como a boa vizinhança. Pelo menos serviu nos rirmos pelo meio da seca que são sempre as reuniões de condomínio.
E além disso, a repreensão, pelo menos por agora, parece estar a dar resultado. Tem estado tudo muito silencioso... E é tão mas tão bom!!!

Até sempre,
C&C

segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Ora digam lá, se souberem


Se alguém me pudesse informar quando é que recomeça o Flashforward, ficava muito agradecida :-) O site do AXN diz apenas: volta em 2010. Grande ajuda...


Até sempre,
C&C
PS - É que esta era a única série que eu realmente acompanhava, ainda há pouco dei por mim a pensar "mas porque é que eu continuo a gravar coisas na box se depois acabo por nunca ter tempo ou vontade de ver nada?"

Limitações "bloguisticas"


Depois de ter apresentado este cantinho a uma recente (mas muito querida) amiga, hoje (depois de ela me ter surpreendido com a afirmação de que leu tudo), comentava com ela a razão de, apesar de ser um espaço pessoal, os temas serem um pouco ligeiros... Não falo disto, pelo motivo X, nem daquilo, pelo motivo Y, nem daqueloutro, pelo Z. Basicamente, porque não quero ninguém saia magoado deste cantinho. E vem aqui muita gente que me conhece e que poderia sentir-se "ferido" por determinadas palavras ou temas. O motivo principal penso que já o referi: é escrito pensando que um dia a minha filha poderá lê-lo. E eu gostava que o fizesse.

É por tudo isto que o meu "lado lunar" raramente aparece por estas bandas.

Achei necessário este esclarecimento. Só para que ninguém fique a pensar que eu sou muito boa pessoa. É que não sou... mesmo...


Até sempre,

C&C
PS - Já agora, querida SF, obrigada pela consulta grátis online. És uma boa "voz da razão", que é como quem diz, uma boa amiga!

domingo, 10 de janeiro de 2010

Domingo em casa - algumas impressões


... tanto para fazer, e taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaanta preguiça...

Olho pela janela, o dia faz-me lembrar o de ontem, mas com o Sol menos sorridente. Cá na terrinha, ontem pelas 10 da manhã estavam 2º negativos, ao meio-dia apenas 1º... Brrrrrrrrrrrrr... Que frio! Cá dentro o aquecimento vai ficar ligado todo o dia, mesmo assim a temperatura ao acordar era de 14º.

10 de Janeiro - dia de memórias, dia que já foi de festa, agora é de lembranças e muitas, muitas saudades. O meu pai faria hoje 60 anos. Ainda tão novo... Parabéns, Pai! Adoro-te...

E pronto, enquanto os meus vizinhos marcham no andar de cima (tanto barulho não pode ser andar, é marchar, concerteza :-S), vou-me levantar determinadamente, arrumar a casa, e dar mais uns passos no sentido de cortar pontos à lista de pendentes que inaugurei em 2010 e que até agora tão bons resultados está a dar... (ou então - o mais provável - vou fazer qualquer coisita durante uns 10 minutos, para logo a seguir me render novamente à preguiça :-)))

Até sempre,
C&C

sábado, 9 de janeiro de 2010

Coragem, miuda...

A minha mana está doente. E está triste por estar doente. Sente-se nela um desânimo que faz com que se distancie. Como moramos a 100 kms de distância, não posso estar com ela as vezes que desejava. Hoje estivemos juntas, na festa de aniversário da nossa avó, mas quase não falamos. Da mesma forma, os e-mails ou telefonemas durante a semana têm sido distantes... Não quero a minha irmã "longe" de mim. Não sei bem o que posso fazer para a ajudar, mas sei que o quero fazer, que lhe quero pelo menos dar a minha voz de esperança, não... de certeza... de que vai correr tudo bem!
Estou aqui, minha querida! O meu ombro, os meus braços, os meus ouvidos... o que precisares de mim... Adoro-te, e parte-me o coração ver-te assim!
Até sempre,
C&C

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

O Lobo que afinal também era Cordeiro

(este post é dedicado a um querido amigo, a propósito da saída dele da empresa onde trabalho, que o leu em primeira mão e me permitiu que o partilhasse)
Chegou fazendo jus ao seu nome. Lobo tinha uma presença forte, auto-confiança em alta, não digo que parecesse arrogante, mas achei que tinha claramente a mania. A minha primeira impressão não foi das melhores. Achei que não nos iríamos dar bem, que pouco tínhamos em comum (era sobretudo o diferencial nos nossos índices de auto-confiança que nos distinguia, o que ele tinha a mais, tinha eu a menos). Quis o destino que as nossas horas de almoço fossem conjuntas, em alguns dias da semana. E a pouco e pouco fomo-nos conhecendo… No trabalho, Lobo demonstrava ser afinal humilde, ter uma enorme vontade de aprender, uma garra fora do comum, e a perfeita noção de que tinha algo a aprender com todo e qualquer membro da equipa. Nos momentos que passávamos fora das quatro paredes, as conversas eram sempre super animadas e acabaram por se ir tornando cada vez mais pessoais. Entre muitos risos e sorrisos, a primeira impressão desvaneceu-se e o Lobo acabou por entrar para a categoria restrita daqueles a quem chamo AMIGOS.
Entretanto separamo-nos profissionalmente, apesar de ainda nos mantermos na mesma empresa. De forma diferente, o contacto manteve-se. Provou ser um amigo atento, daqueles que estão sempre presentes, e mais ainda quando entendem que são necessários. Apesar de muito novo, não era um amigo “da gargalhada”, era daqueles que nunca falham, que estão ainda mais presentes nos maus momentos.
Sabia que o Lobo não iria ficar por aqui, sentia que apesar de perfeitamente integrado e de já "fazer parte da mobília", a sua garra e ambição o levariam para outros voos. E assim acabou por acontecer…
Fizemos ontem o teu jantar de “até sempre”, como eu escrevi no postal, porque é assim que gostava que fosse. O teu trajecto de sucesso vai-te levar para fora do país, e eu nunca fui boa a manter amizades à distância. Mas conto contigo, querido amigo! Não me deixes perder-te…
Não te desejo sorte ou sucesso, porque sei que a tua carreira vai ser brilhante. Nasceste com aquela estrelinha que distingue as pessoas normais das especiais. Desejo-te que mantenhas sempre essa humildade, esse gosto pelas pessoas, essa capacidade de conquistares quem te rodeia… Essas características que fazem com que afinal sejas um “cordeiro em pele de lobo”.
Adoro-te, puto! Sê feliz, como mereces…

Até sempre (hoje em especial para o Lobo - o mestre das caipirinhas :-)))
C&C

...

Tive um jantar delicioso, entre pessoas muito queridas (de que ainda voltarei a falar), contava que a noite acabasse mais tarde mas acabou por não acontecer assim. Como estava "programada" para isso, cheguei a casa e agora não me apetece dormir...

E pronto, por hoje era só isto...
Palpita-me que amanhã (melhor dizendo, hoje) vai ser um dia dificil. Felizmente é sexta-feira!

Até sempre,
C&C

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Frases sentidas #24

Partilho hoje convosco um texto de Pablo Neruda, que me enviaram por e-mail. Foi com esta leitura, que acho que é tão inspiradora agora que estamos a iniciar um novo ano, que o meu dia começou...


"Morre lentamente quem não viaja,
Quem não lê,
Quem não ouve música,
Quem destrói o seu amor-próprio,
Quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito,
Repetindo todos os dias o mesmo trajecto,
Quem não muda as marcas no supermercado,
não arrisca vestir uma cor nova,
não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão,
Quem prefere O "preto no branco"
E os "pontos nos is" a um turbilhão de emoções indomáveis,
Justamente as que resgatam brilho nos olhos,
Sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,
Quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,
Quem não se permite,
Uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da Chuva incessante,
Desistindo de um projecto antes de iniciá-lo,
não perguntando sobre um assunto que desconhece
E não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves,
Recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior do que o
Simples acto de respirar.
Estejamos vivos, então!»
Pablo Neruda

Lindo, inspirador, comovente! Estejamos vivos, em 2010 e daqui para a frente!

Até sempre,
C&C

domingo, 3 de janeiro de 2010

Livros e provocações

Na montra da livraria Bertrand, lado a lado com Caim, adivinhem o que é que estava? Pois sim senhor, adivinhou quem disse: a Biblia! Que é como quem diz, "é para o menino e para a menina"; na Bertrand todos ficam contentes.

(mais uma vez ficou provada a minha teoria de que não me posso aproximar de livrarias. Acabei por trazer mais dois livritos, isto apesar de ainda ter 5 na minha to-do-list. Tinha vontade de comprar um deles desde que saiu - "O símbolo perdido", de Dan Brown. O outro foi um impulso de momento, é da psicologa Marta Gautier, e chama-se "Não há famílias perfeitas". Porque a minha não foge à regra, e acho que quis sentir que não era caso único :-)))

Até sempre,
C&C

Happy meal...


... pois é. É isso mesmo... Uma "refeição feliz", para variar.
Contra os meus princípios, lá me deixei também levar pela onda (gigante) de pais que quando vão ao shopping com as crianças, fazem as refeições no McDonald's. Hoje a R. comeu com gosto, e deu gosto vê-la comer. Quem já presenciou o martírio que eu passo na hora das refeições, para fazer com que a minha filha coma, e o desgaste que isso me tem provocado, sabe bem que vê-la comer com gosto é coisa que para mim vale ouro. E justifica, de vez em quando, uma excepção à regra da alimentação saudável :-)))

Até sempre,
C&C
PS - Logo à noite voltamos à sopinha...

sábado, 2 de janeiro de 2010

O melhor de já estarmos em 2010...

... é voltar a ter 25 dias úteis de férias para gozar!
(dito por quem está a precisar deles "como de pão para a boca", mas os vai gozar como o escasso e precioso recurso que são")

Até sempre,
C&C
PS - Em 2010, sejam felizes! Eu vou tentar fazer o mesmo...