Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

domingo, 10 de janeiro de 2010

Domingo em casa - algumas impressões


... tanto para fazer, e taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaanta preguiça...

Olho pela janela, o dia faz-me lembrar o de ontem, mas com o Sol menos sorridente. Cá na terrinha, ontem pelas 10 da manhã estavam 2º negativos, ao meio-dia apenas 1º... Brrrrrrrrrrrrr... Que frio! Cá dentro o aquecimento vai ficar ligado todo o dia, mesmo assim a temperatura ao acordar era de 14º.

10 de Janeiro - dia de memórias, dia que já foi de festa, agora é de lembranças e muitas, muitas saudades. O meu pai faria hoje 60 anos. Ainda tão novo... Parabéns, Pai! Adoro-te...

E pronto, enquanto os meus vizinhos marcham no andar de cima (tanto barulho não pode ser andar, é marchar, concerteza :-S), vou-me levantar determinadamente, arrumar a casa, e dar mais uns passos no sentido de cortar pontos à lista de pendentes que inaugurei em 2010 e que até agora tão bons resultados está a dar... (ou então - o mais provável - vou fazer qualquer coisita durante uns 10 minutos, para logo a seguir me render novamente à preguiça :-)))

Até sempre,
C&C

5 comentários:

Maçã e Canela disse...

Estás como eu! Vamos vencer a preguiça..ou então não..:P

mfc disse...

Um grande abraço pelo teu Pai.

Quanto à preguiça... acho, sinceramente, que é uma virtude!

Smurf disse...

O dia de hoje era mesmo para preguiçar! De certeza que fomos muitos a fazer o mesmo. Gostar das coisas simples da vida, acho que é de pessoas que sabem ser felizes. (Será que amanhã vai estar um bocadinho menos frio??)

Mary disse...

Por cá foi exactamente igual, uma letargia sem fim e agora, que o dia de amanhã se aproxima, uma mão cheia de complexos de culpa por não ter feito nada de nada!

Mas enfim, o tempo assim o pedia, assim como a enorme constipação de Baby C...

For you disse...

é verdade, 60 anos, o dobro da minha idade, às vezes dou por mim tão triste por não O termos aqui, por não O podermos abraçar, por simplesmente n lhes podermos colocar os n/ R no colo ... q vida dificil esta n/ ... lutamos todos os dias para q ela seja um dia melhor mas infelizmente as agruras continuam ... a felicidade, essa, qd finalmente deu um ar da sua graça para mim facilmente, tão facilmente esmoreceu e partiu para outras paragens ... dificil viver qd se trabalha se conquista se vive se sobrevive para afinal se sofrer ... e se voltar a sobreviver ...

ainda assim, agora tudo é bem mais fácil p mim, com o R a vida sorri por mais adversidades q surjam, a vontade de o ver, de o sentir, de o acariciar supera todos os problemas e dá ainda mais força para avançar, p lutar e seguir em frente em busca dela, sempre dela ... da famigerada felicidade ...

Dou por mim a pensar ...pq n o temos aqui, porquê a nós, pq n podemos brindar o novo ano c sorrisos, c alegria c luz, tts familias completas felizes q nem nem se dão conta ...