Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Dialectos de ternura #2

Parte de mim - Pedro Abrunhosa
Onde estiveres, eu estou
Onde tu fores, eu vou
Se tu quiseres
Assim,
Meu corpo o teu mundo,
Um beijo um segundo,
És parte de mim.
Para onde olhares
Eu corro,
Se me faltares
Eu morro
Quando vieres,
Distante
Solto as amarras,
E tocam guitarras por ti como dantes.
Agarra-me esta noite,
Sente tempo que eu perdi,
Agarra-me esta noite,
Que amanhã não estou aqui,
Agarra-me esta noite,
Sente tempo que eu perdi,
Agarra-me esta noite,
Que amanhã não estou aqui.

Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 28 de junho de 2010

À custa das Scut...

... e apesar de continuar a ter uma vaga esperança de que a introdução das portagens acabe por não ir avante, tomei a decisão de mudar algumas das minhas rotinas diárias. Passei a partilhar o automóvel nas deslocações para o trabalho, e a levar comida de casa para o almoço. Este ano o meu rendimento disponível vai sofrer uma redução significativa (quer pelo aumento dos impostos, quer pela redução da componente variável da minha remuneração)... por isso, se é para apertar o cinto, cá vamos nós...
E isto a bem do projecto de troca de carro, que está a ter uma evolução considerável nos últimos tempos. Brevemente darei novidades!!!
Até sempre,
Cookie

domingo, 27 de junho de 2010

Pedido importante

Hoje, pela primeira vez, encontrei palavras minhas num outro blog, sem qualquer referência ao autor. E fiquei com um nervoso miudinho que nem vos conto. Para esclarecer, eu não me importo nem um bocadinho de emprestar as minhas palavras, até fico satisfeita de as encontrar noutros locais da blogosfera (já tinha acontecido), desde que tenham o cuidado de identificar a sua proveniência. Estamos entendidos? Obrigada :-)
Até sempre,
Cookie

Demasiado cansada...

... para escrever o que quer que seja, venho hoje aqui apenas para prometer noticias para breve. :-)))

Até sempre,
Cookie

sábado, 19 de junho de 2010

Parabéns, princesa...

... faz hoje seis anos que a minha vida ficou muito mais bonita, para sempre alterada. Olho agora para ti e enches-me de orgulho, a cada palavra, a cada expressão, a cada gesto, em cada brincadeira. Amo-te, princesa! Que nos teus 6 anos, de tantas mudanças e novas aprendizagens, sejas imensamente feliz, comigo por perto rejubilando a cada sorriso teu.

Muitos parabéns
Mãe

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Dialectos de ternura #1

Para compensar a ausência que já vai sendo longa, inaugura-se hoje uma nova rubrica. Sobre as relações e o amor...
"Ao volante do seu automóvel, em regresso após uma reunião de trabalho, a sua mente vagueia, acabando por chegar até ele... Perdida nos seus pensamentos, revivendo conversas e momentos juntos, entende porque é que ele a faz tão feliz. Entende-se a si mesma... nunca procurou um namorado... nem mesmo um marido. Procurava um companheiro. Alguém que pudesse seguir consigo de mãos dadas, pela vida fora. E acredita que o encontrou..."
Até sempre,
Cookie

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Pensamento do dia - sobre a coscuvilhice

Se eu não pretendo (e nem tenho possibilidade de) deixar de morar numa terra pequena, e se nas terras pequenas às vezes parece que um dos principais passatempos das pessoas é comentarem (e criticarem) a vida alheia... se eu decidi não viver a vida do modo mais convencional e dedicar-me a procurar a felicidade, sem medos de reverter decisões passadas no intuito de corrigir trajectórias erradas... então devo deixar de me preocupar com o que os outros pensam ou dizem.
Viver a minha vida de forma tranquila e como considero que é mais correcto... Seguir apenas a minha consciência!

Até sempre,
Cookie
PS - Se bem que às vezes me apetece mesmo "pirar-me" para nunca mais voltar. De onde vem a má lingua? Gente desocupada, digo eu...

domingo, 13 de junho de 2010

Our moments

Estou a começar a arrumar a cozinha. A R. vem ter comigo, muito contente com o prato da fruta na mão e a mostrar-me que tinha comido tudo. Empenhada em deixar-me orgulhosa, lava o prato e o garfo, para colocar na máquina de lavar. No meio deste quadro tão rotineiro, o meu sorriso abre-se. De forma intensa, sinto que sou feliz...
Eu, Cookie Maria, tenho neste momento, na minha vida, tudo o que preciso para ser feliz!
E uma cozinha para arrumar... :-)))

Até sempre,
Cookie

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Escolhas

Há coisas que dificilmente faço sem me apaixonar, o que não quer dizer que esqueça o lado racional. Uma delas é trocar de carro, coisa que queria (e precisava de) fazer este ano. Para tal defini alguns critérios, sendo os mais importantes: um preço limite, a fiabilidade, e fazer uma média de consumos mais baixos do que o que tenho actualmente. Mas o lado estético é o que me enche o coração...

Já há algum tempo que ando atenta aos modelos, e de momento estas são as minhas paixões:



Nissan Qashqay - adoro o modelo, o preço está dentro do plafond que defini. O problema são os consumos. Faço muitos kms todos os dias e não posso dar-me ao luxo de estar a aumentar as minhas despesas mensais com combustível.

Peugeot RCZ - lindo de morrer, mas claramente off budget, principalmente na versão diesel, que é a que me interessa. É aquela paixão irracional :-))) Até porque preciso de um carro com lugares a trás efectivos e não apenas para "enfeitar", como parece ser o caso (ainda não vi ao vivo)... Mas sabem, eu acho que há um tempo na vida para tudo, até para cometer uma loucura... Porque não agora? :-)))

Existem outros, mas nada que me encha as medidas. Se alguém quiser dar ideias, aqui a Cookie fica muito agradecida. E entretanto, vou esperando que o meu Toyota, quase a fazer 300.000 kms, me continue a ser fiel...

Até sempre,

Cookie

quarta-feira, 9 de junho de 2010

I feel good

Lá dentro, enquanto brinca no quarto, a minha filha trauteia alegremente o "I feel good", que me parece ser uma das músicas que compõem o alinhamento da festa de finalistas do infantário, que vai ocorrer daqui por uns dias.
A mãe acompanha-a na canção, quer no ritmo, quer no coração. I feel really good! :-)))
Até sempre,
Cookie

terça-feira, 8 de junho de 2010

Agora é que é mesmo uma história de amor

"De repente, a palavra Amo-te escorregou dos seus lábios. Estivera durante algum tempo a lutar contra ela, teimosa em querer sair. O seu cérebro insistia em dizer: ainda é cedo. O coração falou mais alto. Ele mudara o seu mundo, em tão pouco tempo... E a sua cumplicidade era tão perfeita que parecia que ele sempre lá tinha estado, ao seu lado... companheiro, amigo, dedicado, corajoso, romântico... Perfeito.
Mostrou que queria ficar com ela, deu-lhe provas irrefutáveis de um sentimento intenso e genuíno. Lutou para a conquistar. E ela, desarmada, envolvida, rendeu-se...
Aconchegada naqueles braços que já eram a sua casa, ouviu-se dizer: Amo-te... como se naquele momento nada mais existisse, nada mais fosse importante...
E os medos, que à custa de desencontros passados, habitam na sua cabeça, apenas conseguiram dizer, num sussurro: que seja eterno, enquanto dura."

Até sempre,
Cookie

domingo, 6 de junho de 2010

Uma história de amor :-s

Eu sei que já tinha deixado bem claro que os meus sentimentos eram fortes, mas agora é que eu estou realmente encantada. Não é que os anormais dos meus vizinhos de cima resolveram aderir à moda das vuvuzelas, e passam o dia todo a tocar uma mesmo "por cima da minha cabeça"?!?!?!?!??!? Admito que as vuvuzelas começam a despertar em mim instintos assassinos...

Até sempre,
Cookie
PS - Pensavam que eu ía falar de quê? :-)))

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Long day

Hoje foi um dia demasiado comprido.
Às vezes dá-me a sensação que há gente "a mais" na minha vida. Alguns andam com papeis trocados. Outros, por circunstâncias do quotidiano, não podem ter o protagonismo que mereciam. Há ainda aqueles que ainda não perceberam que foram um erro de casting, e que, detectado o equívoco, passaram a ser meros figurantes.
E depois há aqueles que me fazem desejar ter o poder de os envolver num abraço protector, que os livrasse de todos os males e afastasse para bem longe todo o sofrimento.
Até sempre,
Cookie
PS - Peço desculpa a quem por cá passa, eu às vezes escrevo mais para mim. Isto hoje é apenas um desafabo.