Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Venha 2010 que já estou farta de 2009 :-)))


Confesso que este ano o balanço é mesmo só para manter a tradição. Sempre gostei de o fazer, porque me ajudava a organizar ideias e a traçar planos para o futuro. Mas este ano 2009 foi muito estranho... além disso, sinto que este ano me escapou por entre os dedos...

De forma que tento que seja organizada, mas por ordem "analfabrútica", cá vai (parece o horoscopo mas ao contrário :-)))):

Na família

2009 trouxe-nos o pequeno principe R, um bebé que tenho a honra de "amadrinhar", se bem que ainda não oficialmente. Lindo, simpático, um verdadeiro doce. Até doentinho, como estava na última vez que o vi, é tão, mas tão especial... Adoro-te meu lindo!
A R cada vez menos bebé, cada vez mais a minha "companheirinha". Se não fosse comer mal, os meus sentidos babados de mãe diriam simplesmente: "perfeita"!
Os desentendimentos familiares apaziguaram-se e houve alguma reaproximação na sequência da doença do meu padrinho. Quis o destino que acabasse por falecer no mesmo ano em que lhe foi diagnosticado cancro no estômago, no seu dia de aniversário... 55 anos, filhos ainda muito novos que sofrem agora de uma dor que eu tão bem conheço, e a quem espero conseguir dar todo o apoio de que precisam e merecem...
Com os amigos (que, como alguém disse, são a familia que nos é permitido escolher) - neste ano consolidei novas amizades, sobretudo com colegas do trabalho, o que me deixa muito feliz.

No trabalho

Foi um ano complicadissimo, por problemas diversos que nem vale a pena aprofundar. Para além disso, houve chefe novo na casa, e as necessárias adaptações a formas de trabalhar muito diferentes. Um novo esforço de conquista de confiança, que felizmente (estamos a falar de uma pessoa que não deixa transparecer com facilidade a opinião que tem de nós) hoje confirmei que consegui ganhar. Ouvi: "Parabéns!" dito de uma forma convicta... Entre muitas outras coisas ouvi também uma coisa muito engraçada, e que para mim vale ouro, principalmente no contexto: "a Cookie é um elemento "desanuviador" na equipa". Eu sei... o meu bom feitio lá vai acalmando os ânimos, e procurando evitar conflitos.
De qualquer forma, apesar de me sentir integrada e reconhecida, e de ter o chamado "emprego para a vida", uma das resoluções de ano novo é sem dúvida voltar à procura activa de emprego. Não me identifico com a área na qual trabalho, sinto que estou a passar ao lado da carreira que me deixaria realizada... E por mais "confortável" que seja a minha situação está mais que na altura, não posso esquecer que com os meus 33 anos estou a ficar velha, profissionalmente falando...

No amor...

... nem me apetece falar. Parte do ano decorreu com a convicção de que a minha relação com o D já não estava a funcionar, de que por algum estranho motivo tinhamos deixado de conseguir comunicar e já não conseguiamos fazer o outro feliz. A decisão foi muito custosa, mas era inevitável. Estou desde o inicio de Setembro sózinha, e neste momento é assim que me sinto...
O facto de sentir que o D era mais do que um amigo foi a gota de água que fez com que o "copo" do meu casamento transbordasse, e a separação se tornasse inevitável. Escrevo isto para dizer que há muitos anos (muitos anos mesmo) que o meu coração não estava desocupado, e não é fácil...

Em momentos...

Em 2009 fui ao México (semanas antes da Gripe A :-) ) e realizei o sonho de ir com a minha filha à Disneyland. Este foi um momento sem dúvida especial, para ela, mas também para mim... Fui criança de novo, andei aos saltinhos, com totós... Diverti-me à brava. Foram momentos extraordinários que vivemos e que recordarei para sempre.
Já me esquecia... o meu blog deu um programa de rádio, na Rádio Comercial. A Cookie lá teve os seus "5 minutos de fama". Foi muito giro, e animou esses dias. Obrigada mais uma vez à RC.

Desculpem o post extenso (como se eu acreditasse que alguém o vai conseguir ler todo :-))), foi um ano esquisito, mas ainda assim dificil de resumir.
Termino este ano entre nostalgias e indecisões, a ponderar os próximos passos e procurando determinação para fazer com que 2010 não seja mais um ano que se arrasta. Que seja um ano de passos seguros, determinados e na direcção correcta: a da felicidade!

Até sempre,
C&C

5 comentários:

PR" disse...

Que seja isso mesmo.! A felicidade vai vencer este ano. :D
Um super 2010!

mfc disse...

Raramente faço balanços... não gosto de recordar as asneiras que fiz!

For you disse...

Pois fica sabendo q li tudo tudo!

E q 2010 te reserva muitas surpresas! Boas!

Beijos da tua mana!

Cookie disse...

Ó maninha, eu juro que ainda pensei que tu irias fazer questão de ler tudo e de o referir. Mas depois pensei, "oh, ela tem andado tão afastada da blogosfera..."
Mas quando ao meu ano 2010, parece que sabes mais do que eu... conta, conta... fiquei interessada!
:-)))

Smurf disse...

Só li hoje, mas li tudo! E gostei. O 2010 tem de ser um bom ano. Pelo menos para nós!!! :)))
Bjs