Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

segunda-feira, 16 de junho de 2008

Dias dificeis - versão infantil

Mal entramos no carro, à saída do infantário, a R. diz-me: "mãe, hoje foi uma semana triste". Fico ao mesmo tempo enternecida com o "semana" em vez de dia, e assustada com o adjectivo. Tristeza e crianças são duas palavras que nunca se deveriam utilizar em conjunto...
"Porquê, filha?", pergunto.
Diz-me ela com uma cara tristissima, "porque os manos não foram à escola e porque não pude ir ao parque infantil".
Após ponderar a gravidade da situação decidi concentrar-me na explicação de que hoje foi um dia, e uma semana são vários... Afinal, é segunda-feira e choveu todo o dia. Porque é que a criança não há-de ter o direito a estar com a neura???

Até sempre,
C&C
PS - Sobre técnicas de adormecimento infantil: tentando chamar-me ao quarto pela décima vez esta noite, pergunta-me: "mãe, é esta semana que eu faço anos?". Sorrio ao verificar que percebeu o conceito de semana. "Sim, filha. E se adormeceres depressa o dia chega muito mais rápido". Resultado: de lá de dentro nem mais um pio. Adormecimento instantâneo. Pena é que esta técnica só resulte esta semana...

Um comentário:

Mary disse...

Acho o máximo a R. já compreender o que é uma semana. Isto porque o tempo, para Baby V., ainda se divide em "ont'nha" (ontem = todos os dias passados), "hoje" e "amanhã" (todo o futuro).

Quanto à técnica de adomercimento, realmente é pena durar tão pouco. É que Baby V. (também) chama mil vezes antes de adormecer... e quando esgota os argumentos "clássicos" da água, do xixi e afins, passa para os mais rebuscados - sendo o mais elaborado, até à data, o do pica-pau que estava a fazer um ninho em cima da cabeça dele...