Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

sábado, 13 de outubro de 2007

Uma vida em caixotes

Ao fim de mais de um ano, está concluida a operação de retirada de todos os meus pertences da casa do L. (a minha antiga casa). Finalmente lá consegui juntar coragem, paciência, força, estado de espirito e uma equipa de mudanças (amadora) para realizar a fase número 3 do processo, que foi sendo sucessivamente adiada porque já tinha tudo o que fazia falta no dia-a-dia...
Sinto que deixei definitivamente para trás uma fase da minha vida, uma M. que fui e que não quero voltar a ser. Aquela casa tem uma história, custou-me muito (muito mesmo) ter que sair de lá, porque tudo ali eram pedacinhos de mim... Mas agora, passado um ano, com a retirada dos meus pertences concluida, e com o projecto da casa nova, sinto que foi bom ter acontecido assim... É mais fácil reescrever uma história quando temos a página em branco, sem marcas de um qualquer passado.
Não foram só os meus pertences que coloquei em caixotes, foi uma parte da história da minha vida.

Por isso, a essa casa, a essa vida, a essa M. ... ADEUS!
Até sempre
(isto hoje foi muito pessoal, mas senti que tinha que ficar aqui)
C&C

2 comentários:

Mary disse...

De facto, deve custar imenso colocar parte da nossa vida em caixotes e pensar que tanta coisa se pode resumir em tão pouco...

Mas pensa antes que a página em branco que acabaste de abrir, juntamente com a experiência daquilo por que já passaste, te vai dar a possibilidade de escreveres uma história novinha em folha - e com um final muito mais feliz...

eu mesma! disse...

é assim mesmo! força! também passei pelo mesmo há anos...