Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

domingo, 30 de dezembro de 2007

Rumos...

Quase no final de um mês que deixa qualquer um a precisar urgentemente de férias (entre comemorações, compras de presentes e jantares de todos os tipos e feitios), na passada sexta-feira ainda tive mais um jantar, desta vez de despedida de dois colegas da primeira empresa na qual trabalhei... Fiz questão de ir a este jantar porque nunca esqueço aquela equipa, tenho muito orgulho em ter iniciado o meu percurso profissional exactamente da forma como o pretendia iniciar, e também no percurso que fiz lá dentro, bem como dos amigos que ganhei...
No entanto, tenho saído dos ultimos jantares com eles com a cabeça quase a andar à roda...
No meu dicionário de expressões pessoais, aplico a expressão "estar cada vez mais na mesma" para designar alguém que ao longo dos anos continua sempre a viver a vida de forma igual, sem grandes objectivos, ambições ou feitos pessoais... E ultimamente é assim que eu me tenho sentido... cada vez mais na mesma... a passar ao lado da carreira que gostaria de ter tido, enquanto vejo os outros a irem mais e mais longe... independentemente de terem ou não mais capacidades do que eu...
Sei que também não tenho feito grande coisa para alterar o rumo da minha vida profissional, e vejo-me até cada vez mais acomodada ao meu trabalho, e até um pouco com medo da mudança... Mas a verdade é que a "estrelinha da sorte" que parece acompanhar sempre algumas pessoas não tem estado do meu lado...
Até sempre,
C&C

Count-down: Faltam 19 dias!

2 comentários:

Mary disse...

Sabes uma coisa (e acredita que sei bem do que falo)? A "estrelinha da sorte" de que falas somos... nós! Também eu estive anos e anos acomodada num emprego que odiava (curiosamente no sector da banca, como tu), até que ganhei coragem para mudar radicalmente a minha vida...

...não posso dizer que tenha sido fácil (aliás, houve uma altura em que me arrependi amargamente), mas hoje posso dizer-te que foi a melhor decisão da minha vida!

Hoje, trabalho numa empresa radicalmente diferente e faço (finalmente) aquilo que sempre sonhei...!

Que tal lutares pelo teu sonho ser a tua resolução de ano novo...?

Dani disse...

Não querendo interferir no teu sentimento, apetece-me dizer-te que não encontro uma total correspondência entre "estar cada vez mais na mesma" e o percurso da tua vida laboral, M.

Quando reunimos com amigos e companheiros de trabalhos anteriores é natural sentir a nostalgia dos velhos tempos e saber de trajectórias profissionais diversas e aparentemente enriquecedoras. Nestas alturas calhamos de reflectir um pouco na nossa vida profissional comparando as expectativas que tinhamos quando recém-licenciados. Inevitavelmente, ficamos curiosos de saber como seria se o nosso percurso fosse similar ao do amigo "A" ou "B".

Na minha opinião, foi muito bom teres entrado no mercado de trabalho da forma como querias. Tiveste esse mérito (nem todos conseguem). Apesar de gostares do que fazias, foi por tua iniciativa que optaste por um outro passo na carreira e entraste no mundo da Banca. Fomos da mesma equipa e admirei o teu trabalho. Faz proximamente 1 ano que mudaste de funções e estás a desempenhar este teu novo papel de um modo profissional e empenhado que gosto de assistir (por sentir que te dá algum prazer). Bem sei que no nosso intimo escondem-se ambições e projectos muitas vezes diferentes daqueles em que nos encontramos. Cabe a nós próprios o primeiro passo para os conquistarmos. Sei que não é fácil pois a vida não é um passeio apenas em tapete de rosas.
A estrelinha da sorte brilha para quem a procura e surge quando menos se espera (mesmo que possa tardar a aparecer). Relembrando o teu passado profissional recente penso que já lhe terás vislumbrado um pisco...

Por fim, resta-me evocar uma sábia frase que bem conheces - "o sonho comanda a vida". Não poderia estar mais de acordo, apesar de saber que a sua realização por vezes enfrenta muitas dificuldades.

Abraço,
D.