Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Mais uma das coisas inaceitáveis neste país...

Uma das decisões mais complexas que tomamos em relação ao bebé foi relativamente à criopreservação das células estaminais. 
Em breve falarei mais em pormenor sobre o assunto, mas por enquanto posso dizer-vos que foi mais uma vez com uma profunda desilusão em relação ao estado das coisas no nosso país que tive conhecimento desta notícia: "Estão a cortar o cordão umbilical à Lusocord" . 
Para quem não sabe, em Portugal existe um banco público para recolha das células do cordão umbilical (a Lusocord), ao qual todos podem recorrer, sem custos, doando as células estaminais dos seus filhos, ou mais tarde havendo problemas de saúde que possam ser tratadas pelas mesmas, bastando para tal procurar uma dádiva compatível para transplante. É das coisas boas que temos, porque todos podemos ter acesso independentemente das condições financeiras. Os bancos privados armazenam as células estaminais apenas para o próprio doador ou respetiva familia, mas sempre com um custo considerável. Pela nossa pesquisa nunca menos de 1.000 €. Sem qualquer comparticipação  de seguros ou sub-sistemas de saúde e na atual conjuntura económica, esta opção fica à partida inacessível a uma boa parte das familias portuguesas.
E é neste contexto que se sabe que o banco público, de e para todos, está a ter problemas em assegurar a sua continuidade, dada a falta de financiamento. 
Tantas politicas erradas, tantas medidas de austeridade que mais não têm feito do que levar a receita fiscal a reduzir-se ainda mais do que a despesa, tanto dinheiro que continua a ser mal gasto. E temos uma instituição com tanto valor humanitário, que a prazo pode salvar tantas vidas (salva cada vez mais no estrangeiro) em risco de encerrar por falta de financiamento...
É por estas e por outras que às vezes me dá uma vontade de emigrar...

Até sempre,
Cookie

Nenhum comentário: