Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Ideias soltas

  • Sou só eu a achar que andam a gozar com a minha cara com esta história dos preços dos combustíveis? Será que alguém fica realmente convencido que com uma redução tão acentuada dos preços do barril de petroleo, o custo dos combustíveis não segue nem de perto a mesma tendência? E hoje ainda há petroliferas a ter o atrevimento de aumentar preços???

  • Resolução de "idade nova": estar com aquelas pessoas de quem gosto tanto, em que os diferentes rumos que as nossas vidas levaram acabaram por nos afastar. Nada justifica que só nos aniversários falemos com essas pessoas. Por mais ocupada que seja a nossa vida, é tudo uma questão de planeamento, como costuma lembrar-me a minha mana, e também aquela frase tão simples, penso que era de um anuncio da Swatch (as lições de vida que se retiram da publicidade... eheh) - tempo é o que se faz com ele". Passando da teoria à pratica, já hoje propus uma data para um jantar com duas amigas e ex-colegas. Vou continuar pelos meus tios emigrantes que estão cá em Portugal, e a seguir pela minha melhor amiga dos tempos de colégio. Talvez passando depois por um convivio com os amigos do tempo da faculdade... Bom, pelo menos a intenção cá fica!

  • Ainda sobre a idade nova, foi engraçado ver as pessoas que tiveram o descaramento de me perguntar a idade que eu fiz a acreditarem (basicamente) em tudo o que lhes dizia que não fosse totalmente disparatado... posso passar perfeitamente por ter 28 anos... p/ quem vê mal e n se lembra q tenho uma filha com 4 anos!

  • Blogueando por aí: lá fui espreitar o cantinho na net que ontem me confiaram... e foi muito engraçado ver-me por lá, coisas que disse, reacções que tive. Muito giro "ler-me" pelos olhos de outra pessoa!

  • Atenção - ouvidos de criança à escuta: hoje ao jantar comentava com o D. uma situação aborrecida pela qual passei (a equipa passou) hoje no local de trabalho. A certa altura referi que alguém era má pessoa. A R. parecia estar entretida com o seu prato, mas de repente pergunta-me: "mas porque é que ele é má pessoa?". E eu lá lhe estive a tentar explicar com suavidade, ao mesmo tempo que pensava que tenho mesmo que ter cuidado com as conversas que tenho à frente dela...

Bom, mais poderia dizer, mas fico-me por aqui. Tenho o meu principe ao meu lado, a minha filha a dormir tranquilamente, e mais uma vez estou feliz, sou uma mulher de sorte, porque tenho quem eu quero junto a mim!


Até sempre

C&C

Um comentário:

For you disse...

É assim mesmo grande M, a dar valor aos pequenos deliciosos momentos da vida.

Eu bem digo, estás melhor do que nunca.

Bjs,
S.R