Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie Kids Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

Lilypie First Birthday tickers

domingo, 3 de agosto de 2008

Livros - "Uma vida em mil pedaços"

Autor: James Frey
Os meus comentários sobre os livros andam realmente atrasados, talvez porque os livros que tenho encontrado têm realmente despertado o meu interesse, e deste modo eu acabo por andar mais "agarrada" aos livros que ao computador, no meu pouco tempo livre.
Tive este livro na prateleira durante um bom tempo. Comprei-o sabendo de antemão que seria bastante duro, e por isso ía colocando outros à frente, esperando por um estado de espirito mais "forte". Mas realmente enganei-me... este livro é realmente duro, mas tem uma mensagem bastante positiva.
Fui buscar a sinopse que encontrei na Webboom, porque o cansaço que já acumulo não ajuda à inspiração, e também porque de facto contém tudo o que eu pretendia dizer sobre esta obra:
"Inspirado no caso verídico de James Frey, Uma Vida Em Mil Pedaços é um relato impressionante de um caminho tortuoso pelo submundo do álcool e das drogas que levou ao limite da existência um jovem rapaz de vinte e três anos. Preso ao álcool desde os treze anos e à cocaína a partir dos vinte, James não cedeu à tentação do prazer imediato iniciando numa jornada solitária pelos trilhos da dependência. Uma opção que quase lhe custaria a vida, não fossem os pais a promoverem a sua reabilitação numa clínica de recuperação. E é precisamente o relato desse período que o livro trata, podendo o leitor assistir a seis semanas de alucinações, dores lancinantes e por fim às doze fases para atingir a cura. Começando por corrigir o nariz e implantar dentes a sangue frio, James terá de confrontar-se com os seus problemas interiores. Uma obra dura mas extremamente comovente que nos revela o lado obscuro da vida e nos concede esperança na possibilidade de recuperação."
Ao autor, a minha admiração, pela vitória sobre a dependência na luta diária que contra ela vai travando.
Pontuação para o livro: 5 valores... é uma viagem realmente impressionante ao mundo das dependências, principalmente porque contada na primeira pessoa
Até sempre,
C&C

Nenhum comentário: