As primeiras "habilidades"

Se há coisas que não se esquecem, uma delas é o primeiro sorriso que sentimos que nos é dirigido mesmo a nós. Aconteceu há cerca de 2 semanas e desde aí têm-se sucedido. Não há nada mais autêntico e verdadeiro que o sorriso de um recém nascido, e talvez por isso tenha um efeito mágico como retemperador de energias. Compensa todo o cansaço, todas as horas perdidas de sono, todos os momentos em que se sucedem as birrinhas ou as crises de choro e ficamos meio desorientados sem saber o que fazer.
Agora o F está a começar a querer palrar, a explorar os sons. É maravilhoso ouvi-lo, responder-lhe e acompanhar todas as suas reações. Costumo dizer que quem tem um filho recém nascido não precisa de televisão... E nestes últimos dias isso tem sido cada vez mais evidente. E é apaixonante...

Até sempre,
Cookie

Comentários

Dina disse…
É mágico. É uma sensação que não se consegue descrever. É algo que simplesmente se sente :)

Postagens mais visitadas deste blog

Teoria do elástico

O meu comentário ao último post...